Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Porto Alegre
Porto Alegre, BR
14°
Light Rain

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui


Brasil Hidrovias brasileiras têm movimentação recorde de mercadorias nos cinco primeiros meses do ano

Compartilhe esta notícia:

Na região do Atlântico Sul, o total de cargas escoadas chegou a 2,2 milhões de toneladas.

Foto: Reprodução
Na região do Atlântico Sul, o total de cargas escoadas chegou a 2,2 milhões de toneladas. (Foto: Reprodução)

A rede de hidrovias brasileiras registrou movimentação de 51,2 milhões de toneladas de mercadoria nos cinco primeiros meses do ano. É o melhor resultado da série histórica para os cinco primeiros meses do ano e equivale a uma alta de 6,53%, na comparação com 2022. Os dados são do painel estatístico da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), que faz a coleta desde 2018.

O principal destaque é a região amazônica, responsável pelo escoamento de 32,1 milhões de toneladas entre janeiro e maio de 2022, o que equivale a uma alta de cerca de 10% na comparação com o mesmo período de 2022.

A região hidrográfica do Paraguai foi o principal destaque porcentual ao longo do período, com crescimento de 52,9%, o que equivale a mais de 3,3 milhões de toneladas transportadas.

Pelos rios da região do Tocantins-Araguaia passaram 18,6 milhões de toneladas, um aumento de 0,8%, se comparado aos cinco primeiros meses de 2022. Na região do Atlântico Sul, o total de cargas escoadas chegou a 2,2 milhões de toneladas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Vice-presidente Geraldo Alckmin devolverá estátua de camelo que ganhou da Arábia Saudita
CBF anuncia palco da estreia de Fernando Diniz no comando da Seleção Brasileira
https://www.osul.com.br/hidrovias-brasileiras-tem-movimentacao-recorde-de-mercadorias-nos-cinco-primeiros-meses-do-ano/ Hidrovias brasileiras têm movimentação recorde de mercadorias nos cinco primeiros meses do ano 2023-07-31
Deixe seu comentário
Pode te interessar