Terça-feira, 11 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Cloudy

Acontece Indústria de alimentos realiza doações nesse momento de pandemia do coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Nesta sexta (10), o Hospital de Clínicas de Porto Alegre recebeu doações da JBS. (Foto: PMPA)

Para ajudar e minimizar o sofrimento de diversas pessoas com a chegada da pandemia do novo coronavírus, a JBS, indústria de alimentos, lançou o programa “Fazer o Bem, Faz Bem JBS”. Através do programa, a empresa está realizando doações de equipamentos de proteção individual, materiais de higienização, assim como cestas básicas para todos os estados brasileiros.

A JBS doou R$ 400 milhões em recursos para todo o Brasil, e esse montante será aplicado nas três frentes de atuação do programa: saúde, assistência social e ciência. A estimativa é que mais de 63 milhões de pessoas sejam beneficiadas com as ações.

Para o Rio Grande do Sul foram destinados R$ 21,7 milhões que vão beneficiar 25 cidades. A ação do bem para o estado gaúcho possibilitou a compra de 116 leitos de hospital, entre clínicos e de UTI, e a compra de 935 equipamentos médicos. Além disso, nesta sexta-feira (10), a prefeitura de Porto Alegre recebeu da empresa, dois milhões em equipamentos para ações de enfrentamento do novo coronavírus.

Diretor de Excelência Agropecuária da JBS, José Antonio Ribas.
(Foto: Reprodução/ TV Pampa)

“Foram inúmeros municípios que estão sendo atendidos pelas nossas doações, não só Porto Alegre, mas todos os municípios onde nós temos as nossas plantas e mais municípios que o Governo do Rio Grande do Sul, nos apontou como sendo municípios relevantes para que a gente fizesse as ajudas”, revelou o Diretor de Excelência Agropecuária da JBS, José Antonio Ribas.

Instituições de pesquisa com estudos em todo o país também receberão apoio o programa de doações da JBS contra o coronavírus. Projetos sociais, capazes de beneficiar diretamente 500 mil pessoas, também foram selecionados na ação. No Rio Grande do Sul, a Companhia confirmou recursos para a pesquisa da Universidade de Pelotas (RS) – Evolução de prevalência da Covid-19 no Brasil: estudo de base populacional. Os objetivos principais desse estudo são estimar a prevalência de indivíduos infectados com SARS-CoV-2 no Brasil, avaliar sintomas e analisar a velocidade de expansão da infecção.

“A gente está fazendo um super trabalho no Rio Grande do Sul porque é um estado relevante para nós, onde nós temos uma base de produção muito importante, onde nós exportamos para 150 países a partir de unidades nossas de produção aqui”, explicou Ribas.

Atualmente, a indústria de alimentos, JBS, está presente em mais de 10 municípios aqui no Rio Grande do Sul, gerando mais de 12 mil empregos diretos. Além disso, são mais de 5 mil famílias de produtores rurais que estão conectadas ao sistema de produção da empresa.

Medidas de proteção adotadas pela empresa

Desde o início da pandemia da Covid-19 no país, a JBS adotou um rigoroso Protocolo de controle e prevenção da doença em suas unidades. Os procedimentos foram definidos de acordo com os órgãos de saúde e a consultoria de médicos especializados. Confira as principais medidas:

  • Segurança para grupos de risco;
  • Higienização e desinfecção de todas as áreas comuns;
  • Distanciamento seguro;
  • Controle de temperatura;
  • Oferta de álcool em gel;
  • Fornecimento de máscaras,
  • Vacinas e monitoramento, entre outras.

Início da JBS

Em 2020, a JBS completa 67 anos de muita dedicação e conquistas. A origem dessa história começou em 1953, quando seu fundador, José Batista Sobrinho, iniciou as operações em uma pequena planta com capacidade de processamento de cinco cabeças de gado por dia, na cidade de Anápolis, em Goiás, na região Centro-Oeste do Brasil.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Empresa de construção civil oferece opções seguras de telhado para enfrentar chuvas e ventos
Banrisul começa a operar o Pronampe
Deixe seu comentário
Pode te interessar