Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Light Rain

Magazine Ivete Sangalo barra entrada de político em camarim

Saia justa teria acontecido durante evento no luxuoso hotel Copacabana Palace

Foto: Reprodução/Instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

Ivete Sangalo se recusou a receber o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) em seu camarim. O pedido teria acontecido enquanto a cantora se preparava para encerrar a comemoração dos 50 anos do escritório Sérgio Bermudes Advogados na última sexta-feira (06).

Ao saber do pedido do político a artista teria avisado à sua produção que não gostaria de recebê-lo. O evento ocorreu no luxuoso hotel Copacabana Palace e contou com cerca de 3.300 convidados.

No início de novembro, Ivete perdeu um de seus irmãos, Jesus, vítima de complicações em decorrência de uma cirurgia bariátrica. Ele era empresário de Ivete até ser demitido, em 2011, por supostos desvios na produtora Caco de Telha, que gerencia a carreira da cantora. Em entrevista ao Câmera Record de 2016, Jesus negou que tivesse sido responsável pelo desfalque na empresa.

Disse que após o rompimento com a cantora, ele havia sido forçado a vender cosméticos para sobreviver e que não sentia a falta da irmã. “Eu estava me afastando da maior estrela do País, que ajudei a chegar onde estava”, disse à época ao programa da Record.

Jesus Sangalo disse ainda, na mesma entrevista a Record, que a irmã não saiu em sua defesa. “Isto me prejudicou absurdamente. Não só profissionalmente, como psicologicamente. Foi terrível para mim.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Magazine

Ferrugem faz planos de carreira internacional
Veja a lista dos indicados ao Globo de Ouro 2020
Deixe seu comentário
Pode te interessar