Sábado, 04 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Futebol Luiz Felipe Scolari recusa convite para assumir seleção do Paraguai

Compartilhe esta notícia:

Felipão deixou o Grêmio há uma semana, após a derrota para o Santos. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Poucos dias depois de deixar o Grêmio, o técnico Luiz Felipe Scolari surgiu como um dos cotados para ser o novo comandante da seleção do Paraguai, que procura um treinador após demitir o argentino Eduardo Berizzo. No entanto, o brasileiro, de 72 anos, não deve assumir a equipe sul-americana.

A notícia de que o campeão do mundo em 2002 estaria na mira do Paraguai foi divulgada pelo programa “Fútbol a lo Grande”, da Rádio Monumental 1080am. Scolari recebeu sondagem da Associação Paraguaia de Futebol, mas declinou e disse que não aceitaria um novo trabalho no momento.

Felipão deixou o Grêmio há uma semana, após a derrota para o Santos. Campeão da Libertadores em 1995 no Tricolor gaúcho, o técnico teve sua quarta passagem na equipe, que durou pouco mais de três meses, ou 21 partidas, com nove vitórias, três empates e nove derrotas.

O Paraguai, por sua vez, demitiu o argentino Eduardo Berizzo na última quinta-feira, logo após a goleada sofrida para a Bolívia por 4 a 0 nas eliminatórias. A Albirroja é só a oitava colocada nas eliminatórias sul-americanas, com 12 pontos após 12 rodadas.

A imprensa paraguaia cita como outros possíveis candidatos ao cargo Hernán Rodrigo López, atualmente no Nacional-PAR, Fernando Jubero, técnico do Guaraní, e o argentino Gustavo Costas, que está sem clube.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

Na zona de rebaixamento do Brasileirão, Juventude anuncia saída do técnico Marquinhos Santos
Jogador que agrediu árbitro com chute na cabeça é suspenso por dois anos
Deixe seu comentário
Pode te interessar