Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Brasil Lula vive momento de ansiedade e aliados relatam ceticismo quanto a saída da prisão

A defesa de Lula contestava uma perícia autorizada pelo então juiz Sérgio Moro. (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Aliados do ex-presidente Lula notaram o petista ansioso nos últimos dias. Ele tem demonstrado ceticismo quanto à possibilidade de uma mudança substancial em sua situação. Pessoas próximas indagam a quem interessa a libertação do ex-presidente para, em seguida, fazer uma provocação.

“Nunca os métodos da Lava-Jato foram tão questionados, mas o mercado não quer, o governo não quer, as Forças Armadas não querem e a mídia não quer. Muitas instituições cerraram fileiras na defesa de Sérgio Moro”.

O grupo mais próximo de Lula diz que “só o STF [Supremo Tribunal Federal] poderia colocar ordem nessa história”, mas avalia que o tribunal está sob intensa pressão e que as chances de uma guinada na sequência de derrotas colhidas pelo petista, mesmo com as revelações de bastidores da Lava-Jato, é pequena.

Lula também tem demonstrado apreensão com os rumos de seu partido. Há uma disputa entre grupos do PT em torno da presidência da legenda, hoje nas mãos de Gleisi Hoffmann. O ex-presidente tenta construir um acordo.

Recentemente, o petista demonstrou ânimo com a visita do candidato que lidera a corrida pela Presidência da Argentina, Alberto Fernández, à carceragem da PF (Polícia Federal). Lula não é pessoalmente próximo do político e viu no gesto uma deferência importante. Auxiliares do ex-presidente lembram que, em meados de agosto, ele completará 500 dias na prisão.

Fim da amizade

Uma sátira que viralizou na internet causou o fim da amizade entre Neguinho da Beija-Flor e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Após aparecer em um vídeo em que cantava uma paródia do político feita pelo cantor Boca Nervosa, que teria desagradado Lula, o contato entre ambos foi rompido.

O intérprete da escola de samba carioca Beija-Flor de Nilópolis contou a história em entrevista ao programa Conversa com Bial, na última sexta-feira (26). “O Boca Nervosa fez uma sátira e eu gostei. Cantei junto com ele e tinha uma sobrinha com celular gravando”, disse o músico.

“Quando foi 5h30, o celular toca e era a Benedita da Silva: ‘O que você arrumou com o Lula?'”, lembra Neguinho. Segundo ele, Lula não aceitou as desculpas pelo vídeo: “Nunca mais”.

Chamada “Samba do Triplex”, a música viral fazia referência ao imóvel no Guarujá que levou à condenação do ex-presidente Lula. “E o triplex na praia, me diga de quem é? É de um amigo meu”, dizia a letra.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Com apenas um titular, Grêmio entra em campo nesta segunda-feira contra CSA
O Conselho Nacional de Justiça planeja se mudar de uma sede alugada, que passou por reformas nas quais gastou 7 milhões de reais, para um prédio maior, ao custo de 23 milhões de reais por ano
Deixe seu comentário
Pode te interessar