Quinta-feira, 04 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Notícias Mais de 130 mil pessoas foram vacinadas contra a gripe em Porto Alegre durante a primeira semana de imunização

Compartilhe esta notícia:

Alta procura pela imunização gerou desabastecimento. (Foto: Divulgação/PMPA)

Desde a última segunda-feira (23), mais de 130 mil pessoas já foram vacinadas contra a gripe em Porto Alegre, em uma primeira semana de campanha nacional que priorizou, na capital gaúcha, os profissionais da saúde e os idosos. Dados do governo federal indicam que até as 17h desta sexta-feira foram aplicadas 62.851 doses em pessoas com idade a partir de 60 anos.

A edição deste ano teve como estratégia da prefeitura a opção por realizar o processo em farmácias, “drive-thrus” e por meio do atendimento domiciliar (para casos específicos), a fim de evitar aglomerações em postos de saúde – um dos fatores de risco para o contágio pelo coronavírus, que tem justamente nos vovôs e vovós um de seus segmentos de maior vulnerabilidade.

Nas farmácias das redes Agafarma, Panvel e São João, parceiras da SMS (Secretaria Municipal de Saúde), foram 47.400 doses, totalizando 110.251 vacinas administradas em idosos entre a quarta e a sexta-feira. Já em relação aos profissionais da saúde, foram administradas 21.914 doses, totalizando 132.165 doses no público-alvo ao longo de cinco dias.

O contingente estimado dos dois grupos pelo Ministério da Saúde é de 213 mil para idosos e 82,4 mil para trabalhadores da saúde (295,4 mil pessoas). A meta é vacinar 90%, ou 191,7 mil idosos e 74,1 mil profissionais da saúde.

É importante lembrar que a vacina não protege contra o novo coronavírus, mas evita complicações causadas pelos vírus Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B linhagem B/Victoria, que ainda não estão circulando. Assim, as pessoas não precisam correr aos locais de vacinação para se vacinar, o melhor é evitar aglomerações neste momento, pois a campanha vai até 22 de maio.

Desabastecimento

Segundo a SMS, Porto Alegre recebeu 158 mil doses da vacina na primeira remessa. No entanto, em razão da grande procura dos últimos dias, a maioria dos locais está sem doses, que deverão serem repostas na próxima semana pela Secretaria Estadual da Saúde (SES). No final do dia, algumas lojas da rede Agafarma ainda possuíam doses da vacina contra a gripe.

Das unidades de saúde, nenhuma possui doses no momento. Idosos que ainda não se vacinaram devem aguardar a chegada de novas doses, para evitar deslocamentos desnecessários.

Campanha

Outras duas fases de vacinação estão previstas, com início em 16 de abril e 9 de maio, respectivamente, com grupos prioritários diferentes. O término ocorrerá em 22 de maio, para todos os grupos. Este ano foram ampliados os grupos a serem imunizados, com a inclusão de adultos de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência.

A segunda fase começa em 16 de abril e é dirigida a pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (comorbidades), professores de escolas públicas e privadas, e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Em 9 de maio, os demais grupos de risco começam a ser imunizados: crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adultos entre 55 e 59 anos, pessoas com deficiência, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos cumprindo medida socioeducativa, apenados e funcionários do sistema prisional.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Um pastor evangélico foi preso por suspeita de estuprar uma criança na Região Metropolitana de Porto Alegre
O prefeito de Porto Alegre admite o risco de novas mortes por coronavírus nos próximos dias
Deixe seu comentário
Pode te interessar