Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Partly Cloudy

Mundo Menor brasileiro é preso por matar e esquartejar seu pai na Espanha

Compartilhe esta notícia:

Mergulhadores da Companhia Auxiliar do Porto de Santa Cruz de Tenerife que realizavam serviços de limpeza no fundo do mar encontraram a mala com o corpo do pai do criminoso, que também era brasileiro, flutuando na água. (Crédito: Reprodução)

Um menor de 16 anos, de nacionalidade brasileira, foi detido em Santa Cruz de Tenerife (Ilhas Canárias, Espanha) depois de ser acusado de ter matado seu pai, esquartejado o corpo e o colocado em uma mala que jogou no mar. A prisão ocorreu na noite de terça-feira (7) em um bairro central da cidade. Segundo indicaram fontes da investigação, o menor é filho da vítima, da mesma nacionalidade, e foi visto perambulando com várias malas no lugar onde o corpo foi achado. Ele foi preso em sua casa pelo suposto crime de homicídio.

Motivo do parricídio pode ter sido uma simples discussão.

O detido foi conduzido até as dependências do Comando da Guarda Civil de Santa Cruz, onde passou a noite à espera de ser colocado à disposição da Justiça. Quanto ao motivo do parricídio, a polícia levanta a hipótese de uma forte discussão familiar, depois da qual o menor teria matado o pai e, posteriormente, se desfeito do cadáver esquartejando-o e colocando os restos em uma mala que lançou ao mar. Mergulhadores da Companhia Auxiliar do Porto de Santa Cruz de Tenerife que realizavam serviços de limpeza no fundo do mar encontraram a mala flutuando na água e descobriram no seu interior o tronco de uma pessoa envolvido em sacolas de plástico.

Parte do corpo da vítima já foi encontrada. 

A Polícia Judiciária da Guarda Civil se deslocou para o lugar para investigar a área onde a mala foi achada e realizar uma primeira inspeção ocular. Também esteve no local o médico forense, que confirmou que o conteúdo correspondia aos restos de um homem, procedendo-se ao levantamento da identidade do cadáver. A mala foi levada ao Instituto de Medicina Legal para se evitar a perda de vestígios ou outras possíveis provas relacionadas ao caso.

 

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Protesto contra governo Michel Temer percorre o centro de Porto Alegre
Procurador-geral pede que STF mande casos de Lula e Delcídio para juiz Sérgio Moro
Deixe seu comentário
Pode te interessar