Quarta-feira, 08 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Celebridades Morre a mãe de Carolina Dieckmann. A atriz publicou um desabafo nas redes sociais e recebeu o apoio de personalidades

A atriz fez uma homenagem à mãe no Instagram. (Foto: Reprodução/Instagram)

A mãe de Carolina Dieckmann, Maíra Dieckmann, morreu no domingo (25). A causa ainda não foi divulgada e a atriz fez uma homenagem no Instagram.

“Mãe. Sim, essa é a palavra que nunca mais eu vou dizer, porque hoje morreu meu colo. Porque nada mais de mal, ou de grave, poderia acontecer comigo, porque meu colo não está mais aqui”, começou.

“Minha mãe passou a vida dando colo: para qualquer um e para todos. A pessoa mais generosa que eu conheci, a mais doce, a que me treinou desde cedo a não brigar, a escolher o bem, a tentar sempre compreender o caminho, as escolhas e o lugar do outro. Os limites do outro. A deixar ir. O amor liberta, sempre”, disse.

A atriz falou também que ainda não acredita no que aconteceu e que Maíra morreu enquanto dormia. “Eu estou devastada. Essa é a palavra que mais explica o que eu estou sentindo. Meu coração está queimando de dor. Mãe, a partir de hoje, eu vou morrer um pouco todo dia; de saudade. Te amo”, desabafou.

Padre Fábio de Melo, Luciano Huck, Angélica, Selton Mello, Regina Casé, Claudia Raia, Marina Ruy Barbosa e outras personalidades lamentaram o acontecimento na rede social de Carolina Dieckmann.

Veja a integra da mensagem postada por Carolina:

“mãe.
sim, essa palavra q nunca mais eu vou dizer;
porque hoje morreu meu colo.
porque nada mais de mal, ou de grave, poderia acontecer comigo, porque meu colo não está mais aqui.

minha mãe passou a vida dando colo:
pra qualquer um e pra todos.
a pessoa mais generosa q eu conheci.
a pessoa mais doce.
a q me treinou desde cedo a não brigar. a escolher o bem.
a tentar sempre compreender o caminho, as escolhas e o lugar do outro. os limites do outro.
a deixar ir.
o amor liberta.
sempre.

ela me ensinou um bocado de coisas lindas.
e me ensinou sendo, o q faz toda diferença.

ainda não sabemos do q ela morreu, mas morreu dormindo.
e desde q sou pequena vejo ela “marcar” seu encontro com a morte exatamente desse jeito:
se ela vier,
q seja assim.

mãe, a morte te obedeceu direitinho.
acho q é porque vc merecia.
mas o q eu acho mesmo é q foi muito cedo.

mãe , eu to devastada.
essa é a palavra q mais explica o q eu tô sentindo.
meu coração ta queimando de dor,
tipo a amazônia,
tipo o fim de tudo.

mãe, quem vai ser meu colo? não digo amanhã, depois… mas hoje?

mãe, hoje eu vou tentar ser colo pros meus irmãos. eu prometo. e pra sua mãe também.

mãe,
a partir de hoje,
eu vou morrer um pouco todo dia;
de saudade.

te amo.

mãe… eu ainda não acredito.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

O tenor Plácido Domingo foi ovacionado na primeira apresentação após ser acusado de assédio sexual
Saiba quando asma pode ser fatal, como no caso de Fernanda Young
Deixe seu comentário
Pode te interessar