Sábado, 17 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Partly Cloudy

Notícias O Facebook começou a testar uma ferramenta de namoro na rede social

Compartilhe esta notícia:

Chamada de Paquera, a nova função foi anunciada em maio deste ano. (Foto: Reprodução)

O Facebook começou a testar internamente sua ferramenta de namoro. Chamada de Paquera, a nova função foi anunciada em maio deste ano, na conferência para desenvolvedores F8. Quem descobriu esses testes foi a pesquisadora Jane Manchun Wong, que costuma descobrir novos recursos de redes sociais explorando os códigos dos aplicativos. O Facebook confirmou ao site The Verge que o produto está em fase de testes no aplicativo da rede social. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo a pesquisadora, o usuário poderá criar um perfil para usar a ferramenta de paquera – será possível escolher opções de gênero, localização e em quais gêneros ele está interessado.

Perfil separado

A ideia é que este perfil funcione dentro do próprio aplicativo do Facebook, mas que seja um perfil separado do que existe atualmente – ou seja, terão acesso à Paquera apenas os usuários que optarem entrar nela.

Encontros presenciais

Esse perfil não aparecerá no Feed de Notícias do usuário ou de seus amigos. Quando uma pessoa que usa o recurso curte o perfil de outra pessoa que também entrou na Paquera, as duas podem conversar. Além disso, será possível paquerar usando os eventos da rede social – dessa forma, alguns encontros poderão ser presenciais.

Voluntários

No produto disponibilizado para os funcionários do Facebook, a empresa solicitou que eles usassem dados fictícios para criarem o seu perfil de paquera e afirmou que irá excluir todas essas informações depois que a ferramenta for oficialmente lançada. Em uma captura de tela que a pesquisadora tirou da plataforma, uma mensagem do Facebook avisa que os testes do produto são voluntários e não impactarão o emprego dos funcionários.

Ideia

À época do lançamento, o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, explicou de onde veio a ideia da ferramenta de namoro: “Vimos muitos casais que se conheceram pelo Facebook e percebemos que deveríamos proporcionar isso de uma forma que fosse segura e que não aparecesse para quem não quisesse namorar nesse momento”, disse Mark.

Impactos imediatos

O lançamento do recurso de paquera do Facebook deve causar impactos imediatos no mercado de serviços para namoros virtuais. No dia que a ferramenta foi anunciada em maio deste ano, O preço das ações do Match Group, que possui aplicativos de namoro famosos, entre eles o Tinder, despencou 17% com o anúncio.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Nos próximos dez anos, o Brasil deve produzir quase 70 milhões de toneladas de grãos a mais
O ex-presidente Fernando Collor rompeu com Renan Filho, atual governador, e disputará o governo de Alagoas
Deixe seu comentário
Pode te interessar