Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Partly Cloudy

Rio Grande do Sul O Governo do Rio Grande do Sul recebeu três pedidos de reconsideração de bandeira vermelha

Compartilhe esta notícia:

As solicitações foram encaminhadas por duas associações regionais e um município. (Foto: Governo do Estado do Rio Grande do Sul)

O mapa preliminar da 37ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado recebeu três pedidos de reconsideração até as 6h do domingo (17) – prazo máximo para o envio de recursos. As solicitações foram encaminhadas por duas associações regionais e um município que estão em áreas classificadas em bandeira vermelha.

Pela segunda semana consecutiva, o mapa preliminar do Estado, divulgado na sexta (15), ficou quase todo vermelho. Das 21 regiões, apenas uma, Caxias do Sul, recebeu bandeira laranja, representando risco epidemiológico médio. As demais ficaram em bandeira vermelha, com alto risco.

Os pedidos de reconsideração serão analisados pelo Gabinete de Crise e o mapa definitivo vai ser divulgado no site do governo do Estado às 16h30 desta segunda-feira. A vigência das novas bandeiras será de 19 a 25 de janeiro.

Caso a classificação prévia seja mantida, as 18 regiões em bandeira vermelha que aderiram ao sistema de cogestão regional podem adotar protocolos próprios compatíveis até o nível de restrição da bandeira laranja. Guaíba e Uruguaiana estão em vermelho e não aderiram à cogestão, portanto, devem seguir os protocolos determinados pelo Estado.

A região de Caxias do Sul, classificada em laranja, por estar em cogestão, pode utilizar protocolos de bandeira amarela, se estiver previsto no plano de cogestão. Caso ainda não tenham sido enviados protocolos ou o plano regional não esteja vigente, o governo abre possibilidade de recepção imediata de padrões mais flexíveis até a bandeira imediatamente inferior, sem esperar prazo de 48 horas para submissão e validade de novo plano regional.

Novos leitos

Ao dar sequência ao processo de abertura e reativação de leitos para enfrentamento à pandemia, o governo do Estado entrega, nesta segunda-feira, às 10h, em Pelotas, mais 10 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para atendimento exclusivo a pacientes com suspeita ou diagnóstico confirmado de coronavírus.

As novas unidades se somarão à estrutura do Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP) e fazem parte do plano de contingência hospitalar do Estado.

Devido ao convite do Ministério da Saúde para que todos os governadores compareçam, na manhã desta segunda, ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para o recebimento simbólico de um quantitativo de doses da Coronavac, a entrega de leitos em Pelotas não contará com a presença do governador Eduardo Leite. A secretária adjunta da Saúde, Ana Costa, representará o governo do Estado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

O Centro Estadual de Treinamento Esportivo no Bairro Menino Deus em Porto Alegre reabre para caminhadas nesta segunda
Preso em Montenegro, homem que era procurado por tráfico de drogas e associação para o tráfico
Deixe seu comentário
Pode te interessar