Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Light Rain

Brasil O mais moderno submarino brasileiro vai ser lançado ao mar em dezembro

Compartilhe esta notícia:

Submarinos vão se incorporar à frota naval para ajudar a proteger a Amazônia Azul. (Foto: Marinha/Divulgação)

Vai ser lançado ao mar, no mês que vem, o mais moderno submarino brasileiro. Ele vai ajudar a patrulhar a chamada Amazônia Azul. O repórter Ari Peixoto mostra a fase final de construção da embarcação.

Num submarino, tudo pode mudar na velocidade da luz. Mas esta não é uma emergência para valer. É um dos muitos treinamentos da futura tripulação do submarino Riachuelo em Itaguaí, Região Metropolitana do Rio. O Riachuelo é a primeira de cinco embarcações que serão construídas nos próximos 12 anos pelo programa de desenvolvimento de submarinos da Marinha Brasileira.

O projeto começou em dezembro de 2008, em parceria com a indústria naval francesa, quatro são submarinos convencionais, movidos a diesel. O último submarino, com propulsão a energia nuclear, ainda está em fase de projeto.

O programa tem um custo total de R$ 35,5 bilhões, até 2029, quando o submarino nuclear deverá estar pronto. Até agora, a Marinha gastou metade deste orçamento.

Os submarinos vão se incorporar à frota naval para ajudar a proteger a Amazônia Azul, termo criado pela Marinha para se referir a uma área de 4,5 milhões quilômetros quadrados da costa brasileira, com uma vasta biodiversidade de espécies.

A Amazônia Azul e toda a sua riqueza, tanto na parte mineral quanto na parte do pré-sal. Para um país que tem uma extensa área marítima como o Brasil, é muito importante para a manutenção do nosso poder naval”, afirma Celso Koga, contra-almirante gerente PROSUB.

Da simulação para a realidade. Tudo o que foi mostrado nas salas de treinamento serve para aperfeiçoar o trabalho da tripulação dentro do submarino Riachuelo. Na sala de comando fica o periscópio e os painéis de comando. “A impressão que eu tenho é que esse lugar é um pouco mais apertado do que o da sala de treinamento”, diz o repórter Ari Peixoto.

O Riachuelo está na fase final de acabamento. Por dentro, ainda há quilômetros de cabos à mostra. Os tubos de torpedos e mísseis estão sendo ajustados para receber os armamentos e os tripulantes não conseguem segurar a ansiedade. O submarino vai ser lançado ao mar no mês que vem.

Nada melhor do que coroar esse meu sonho de 14 anos, comandando um submarino novo, muito moderno, com muita capacidade para incrementar a defesa da nossa Amazônia Azul”, destaca Edson do Vale, comandante do submarino Riachuelo.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Operação Lava-Jato: empreiteiras fecharam um acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica e vão pagar quase 900 milhões de reais
O futuro chefe da Advocacia-Geral da União escolhido por Bolsonaro quer recuperar 25 bilhões de reais desviados pela corrupção no País
Deixe seu comentário
Pode te interessar