Sábado, 11 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Light Rain

Brasil O PT busca ajuda entre banqueiros e empresários para pressionar o ex-ministro Antonio Palocci a ficar em silêncio

Compartilhe esta notícia:

O ex-ministro já teve um pedido de habeas corpus negado pelo STF (Foto: Sergio Lima/Folhapress)

O PT busca apoio de empresários e banqueiros para evitar a delação do ex-ministro Antonio Palocci. Foram orquestradas as declarações de lideranças petistas nas redes sociais de que, se fechar delação premiada, Antonio Palocci pode implodir o empresariado e os bancos. O PT busca ajuda para pressionar o ex-ministro a permanecer em silêncio.

Palocci ainda pode ser um dos beneficiados por uma tese geral que se desenha no STF (Supremo Tribunal Federal) de que as prisões temporárias se alongam demais e, assim, deixar a cadeia. O ex-ministro já teve um pedido de habeas corpus negado pelo STF.

O ex-ministro José Dirceu ingressou habeas corpus tendo o goleiro Bruno como referência. O goleiro foi mandado de volta para a cadeia pelo Supremo. Palocci já se mostrou disposto a delatar: mudou de advogado e conversa com procuradores. Em casa, porém, isso poderia arrefecer. E há uma pressão orquestrada do PT com ecos no empresariado e setor financeiro, com medo do que ele poderia dizer em uma delação. (AE)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Entenda o que pode mudar com a extinção do foro privilegiado
Médicos municipários aderem à greve geral desta sexta-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar