Quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre Obras na Orla alteram trânsito na área de lazer da Beira-Rio

Compartilhe esta notícia:

Mudanças em fins de semana e feriados serão para segurança de usuários.

Foto: EPTC/PMPA
Mudanças em fins de semana e feriados serão para segurança de usuários. (Foto: EPTC/PMPA)

A Smim (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana) e a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) informam alterações na ciclovia e no trânsito na Orla do Guaíba, em razão das obras do trecho 3. Para garantir a segurança de pedestres e ciclistas, devido ao intenso trânsito de caminhões no sentido Centro-bairro da avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio), a partir deste sábado (30), a área de lazer, em operação nos finais de semana e feriados, será transferida para o sentido bairro-Centro, desde o viaduto Abdias do Nascimento até a avenida Ipiranga.

A ciclovia no sentido Centro-bairro também estará bloqueada na altura do espaço cívico com espelho d’água do Parque Marinha do Brasil, onde uma travessia com sinaleira faz a conexão segura para a nova ciclofaixa implantada no sentido bairro-Centro. Em uma próxima etapa, o bloqueio da ciclovia no sentido Centro-bairro vai ocorrer a partir da rua Nestor Ludwig, na altura do Parque Gigante.

“A ação é necessária porque o trecho vai receber intenso tráfego de veículos, entre eles caminhões, em aproximadamente 350 viagens para acessar diariamente o canteiro de obras, no sentido Centro-bairro, de segunda-feira a domingo, 24 horas por dia, nos três primeiros meses”, explica o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen. “Para maior segurança dos usuários, uma travessia exclusiva para pedestres foi instalada próximo ao viaduto, para ser utilizada somente aos sábados, domingos e feriados, e transpor a avenida Edvaldo, no sentido Centro-bairro, em direção ao Pontal e à Zona Sul”, diz o diretor de Operações da EPTC, Paulo Ramires.

A previsão de duração das obras é de 12 meses. Técnicos e agentes da EPTC vão monitorar a circulação na área das obras para orientação aos usuários e ajustes, se forem necessários. Eventuais alterações no trânsito serão sinalizadas antecipadamente com as devidas orientações, conforme o avanço das obras.

Confira as alterações no trânsito

1. Veículos

Nos dias úteis, o trânsito de veículos será normal na Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio), nos dois sentidos. Aos sábados, domingos e feriados, o bloqueio no sentido Centro-bairro, para lazer, será invertido entre o viaduto Abdias do Nascimento e a avenida Ipiranga para a pista no sentido bairro-Centro. O trânsito de veículos ficará liberado no sentido Centro-bairro, e serão proibidas as conversões e retornos à esquerda na Edvaldo Pereira Paiva.

2. Novo semáforo

Foi instalado um semáforo, com funcionamento aos sábados, domingos e feriados, no horário de lazer, das 7h às 20h, para facilitar a travessia de pedestres e ciclistas na Edvaldo Pereira Paiva, no sentido Centro-bairro, nas proximidades da Escola Imperadores do Samba.

3. Acesso local

As ruas que ligam a avenida Padre Cacique à avenida Edvaldo Pereira Paiva (Nestor Ludwig, Fernandão e Carlos Medina) serão exclusivas para acesso de trânsito local.

4. Projeto

O trecho 3 da Orla do Guaíba compreende 1,6 mil metros, entre o arroio Dilúvio, próximo ao Anfiteatro Pôr do Sol, e o Parque Gigante. O novo espaço terá ciclovia, grande área de arborização e iluminação led 24 horas. Assim como o projeto do trecho 1, entregue revitalizado em junho de 2018, o trecho 3 também é de autoria do arquiteto Jaime Lerner.

A área de intervenção na Orla é de 14,6 hectares, com previsão de aproximadamente 200 vagas de estacionamento no canteiro central da avenida Edvaldo Pereira Paiva, mais de 550 árvores dos tipos cedro, figueira, jerivá, cerejeira e coronilha, três estruturas de bares idênticas às já em funcionamento no trecho 1, quadras para prática esportiva, vestiários e a maior pista de skate da América Latina certificada pela Confederação Brasileira de Skate e pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

Os recursos para execução das obras, com conclusão estimada em 12 meses, são provenientes do CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), do Fundo Municipal de Iluminação Pública e do Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Universidades federais vão receber 125 milhões de reais para obras e compra de placas solares
Novo prédio da Biblioteca Pública de Capão da Canoa será inaugurado na próxima quarta-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar