Domingo, 20 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Bem-Estar Organização Mundial da Saúde pede que governos aumentem impostos sobre bebidas açucaradas para combater a obesidade

Compartilhe esta notícia:

Medida poderá reduzir o consumo e salvar vidas, segundo a OMS (Foto: Reprodução)

A OMS (Organização Mundial da Saúde) pediu nesta terça-feira (11) aos governos que aumentem os impostos sobre as bebidas açucaradas para combater o problema da obesidade no mundo, onde um em cada três adultos está com excesso de peso. A OMS afirma que essa medida poderá reduzir o consumo desses produtos e, por conseqüência, salvar vidas.

Em um novo relatório, a agência afirma que existem provas contundentes de que novos impostos cobrados sobre as bebidas açucaradas, como refrigerantes, “reduziria proporcionalmente seu consumo”.

Obesidade dobrou

Em escala mundial, o número de casos de obesidade duplicou desde 1980. Em 2014, mais de 1,9 bilhão de adultos estavam com excesso de peso. Destes, mais de 600 milhões eram obesos. Em 2015, 42 milhões de crianças com menos de 5 anos tinham excesso de peso ou eram obesas.

Ao mesmo tempo, o número de adultos que sofrem de diabetes passou de 108 milhões em 1980 para 422 milhões em 2014, segundo um relatório global da OMS.

Em 2012, o diabetes matou 1,5 milhão de pessoas no mundo e causou outros 2,2 milhões de óbitos devido a doenças vinculadas à diabetes, totalizando 3,7 milhões de mortes. (AG)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Inflação do aluguel recua na primeira prévia de outubro
Índice de Medo do Desemprego diminui em setembro, mas segue acima da média histórica
Deixe seu comentário
Pode te interessar