Sábado, 15 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mostly Cloudy

Notícias Os passageiros do transporte público de Porto Alegre já podem acompanhar em tempo real os deslocamentos dos ônibus

Compartilhe esta notícia:

Todos os veículos da frota ganharam sistema GPS que pode ser acessado pelo celular. (Foto: Divulgação/EPTC)

Desde essa quarta-feira, os passageiros do transporte público de Porto Alegre podem recorrer ao telefone celular para conferir, em tempo real, o deslocamento dos ônibus. A novidade, que abrange 100% da frota, foi viabilizada pela instalação de um sistema de GPS. Além de horários e trajetos, é possível verificar características do veículo (incluindo acessibilidade e ar-condicionado) e quais linhas passam em uma parada, por exemplo.

A nova ferramenta está disponível no aplicativo Tri Transporte Integrado e também pode ser baixada, de forma gratuita, em lojas virtuais de aplicativos para smartphones em sistema Android e iOS. Os respectivos links são informados no site oficial www.portoalegre.rs.gov.br.

Para o secretário extraordinário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Tortoriello, essa tecnologia também dá às empresas de ônibus e ao órgão gestor o poder de gerenciar e monitorar pela internet toda a frota em operação, possibilitando a prestação de um serviço de melhor qualidade aos usuários:

“A entrega faz parte de um conjunto de melhorias que estamos implantando no sistema de transporte coletivo de Porto Alegre, trazendo modernidade, informação e dignidade às pessoas”.

A obrigatoriedade do sistema foi regulamentada pelo decreto municipal 19.836/2017, assinado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior e que estabelece prazos e critérios gerais no Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus. Já as normas serão implementadas pela ATP (Associação dos Transportadores de Passageiros).

Ao lançar o aplicativo, o chefe do Executivo declarou que o papel da máquina pública é viabilizar, regulamentar e qualificar o transporte coletivo utilizado pelos cidadãos, em especial os mais vulneráveis: “Trata-se de um avanço gigantesco, que vai gerar conforto, previsibilidade e mais dignidade a todos os porto-alegrenses, que agora poderão planejar melhor suas vidas, e com mais segurança”.

Perfil

O sistema de transporte coletivo da Capital conta com 12 empresas, 677 mil passageiros transportados por dia, 420 linhas, mais de 6 mil paradas e cerca de 1,6 mil veículos coletivos. Segundo a presidente da ATP, Tula Vardaramatos, foi preciso mais de um ano de trabalho complexo para que todo o sistema estivesse funcionando plenamente em uma cidade do tamanho de Porto Alegre.

“O mais importante é que as vantagens são para todos: para os clientes, para as empresas de ônibus e para os órgãos gestores. Além de trazer informação e segurança, a tecnologia facilita o controle e a fiscalização do serviço”, salientou.

A tecnologia que está sendo utilizada no GPS é das empresas Prodata e Cittati, e a gestão de todo o processo fica a cargo da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação). “Uma melhor qualidade de vida da população está diretamente ligada à qualidade do transporte público”, diz o diretor-presidente da empresa pública, Fábio Berwanger.

Já para a presidente da Carris, Helen Machado, essa inovação representa um fato histórico para a companhia: “Ao longo de sua trajetória, a empresa sempre se adaptou às mudanças. Esta etapa será lembrada em sua trajetória, com um transporte por ônibus diferente a partir de agora em Porto Alegre”.

Processo

– A prefeitura publicou, em 22 de setembro de 2017, um decreto que estipulava o dia 31 de dezembro de 2018 como data limite para a implantação do sistema de GPS;

– Após assinatura do decreto, a prefeitura concedeu 60 dias para empresas de ônibus começarem a instalar o GPS na frota;

– Em fevereiro de 2017, a linha T12 começou a operar com GPS, em projeto-piloto;

– No início deste ano, aproximadamente 80% dos ônibus da capital gaúcha já estavam com seus GPS instalados pela ATP;

– Em maio de 2019, a EPTC assinou um termo com a Carris e a ATP para disponibilizar, no terceiro trimestre, a instalação dos GPS em toda a frota, meta cumprida nessa quarta-feira, 14 de agosto.

(Marcello Campos)

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Em apenas três meses, o Brasil sofreu 15 bilhões de tentativas de ataques na internet
Governador Eduardo Leite cumprirá agenda no Uruguai nos próximos dias 20 e 21
Deixe seu comentário
Pode te interessar