Terça-feira, 07 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Fair

Geral Padre cede paróquia para evangélicos e cria polêmica

Atitude de religioso ganhou apoio, mas também críticas de católicos e batistas. Foto: Rich Copley/AP

Em meio ao tsunami de lama vazado das barragens da mineradora Samarco, a atitude inusitada de um padre da região atingida pelo desastre tem chamado a atenção. Pároco da Igreja de São José, em Barra Longa, a 60 quilômetros de Mariana (MG), Wellerson Magno Avelino, 39 anos, abriu as portas do templo para cultos de outras religiões, sobretudo a Batista, que teve o local de orações destruído.

Fotos de uma das reuniões protestantes circularam pelas redes sociais, dividiram opiniões e causaram polêmica. Embora a maioria dos internautas louve a iniciativa de Avelino, que recebeu apoio da arquidiocese, mas não de alguns católicos e evangélicos, que criticam a atitude do religioso. Nas imagens, o interior da Igreja de São José está sem imagens de santos, retiradas provisoriamente. Fiéis batistas aparecem rezando abraçados ao clérigo.

O padre Marcelo Tenório, um religioso local, usou o blog para reclamar. “Lamentável. A fé não se negocia, a verdade não pode ser obscurecida por nada nem tampouco pela solidariedade”, postou. O bispo anglicano Josep Rossello disse que em momento de tristeza e dor, a missão dos cristãos e filhos do mesmo Deus é acolher uns aos outros. (AD)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Atriz brasileira pagará pensão de 85 mil reais a ex-marido
Presidente eleito da Argentina usará Mercosul para pressionar a Venezuela
Deixe seu comentário
Pode te interessar