Domingo, 23 de janeiro de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
33°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Polícia aguarda laudo para concluir causas das mortes em queda de avião que vitimou Marília Mendonça; legista falou de politraumatismo

Compartilhe esta notícia:

Investigações continuam e a previsão é de que o inquérito seja concluído em 30 dias. (Foto: Reprodução de TV)

A Polícia Civil (PC) informou, na manhã deste domingo (7), que as amostras do material genético das vítimas envolvidas no acidente aéreo que matou Marília Mendonça e outras quatro pessoas chegaram no Instituto Médico Legal, em Belo Horizonte, para realização de exames de alcoolemia e de toxicologia em equipamentos de última geração.

Em entrevista coletiva no IML, neste domingo, os peritos disseram que todos os trabalhos periciais e de investigação começaram no local do fato, mas que alguns exames complementares são necessários para conclusão dos relatórios periciais.

Os especialistas falaram que fluidos, sangue, urina, órgão, vísceras e tecidos, por exemplo, serão analisados e que o resultado deve sair entre dez e 15 dias.

Oitiva

Na tarde de sábado (6), a PC comunicou que a perícia no local do acidente havia sido concluída e que os próximos passos envolviam a escuta de testemunhas que acompanharam os momentos que precederam a queda.

Em entrevista coletiva, o legista responsável alegou que as vítimas haviam sofrido politraumatismo, mas a PC aguarda a finalização dos laudos para concluir a causa das mortes. A previsão é de que o inquérito seja concluído em 30 dias.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Estado de São Paulo deve indenizar paciente grávida por diagnóstico equivocado de Doença Sexualmente Transmissível
Advogada é condenada a indenizar cliente por peticionar em Vara errada
Deixe seu comentário
Pode te interessar