Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Brasil Polícia Federal diz que Instituto FHC e Instituto Lula receberam dinheiro da Odebrecht

Compartilhe esta notícia:

Fernando Henrique Cardoso pediu que o PSDB entregue os ministérios. (Foto: Wilson Dias/ABr)

O Instituto FHC (Fernando Henrique Cardoso), o Instituto Lula e a empresa LILS receberam cerca de 4 milhões de reais em recursos da Odebrecht. A informação faz parte de um laudo da PF (Polícia Federal), que se tornou público nessa sexta-feira. Os dois institutos são ligados aos respectivos ex-presidentes e a empresa LILS é a que organiza as palestras proferidas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo o documento, o Instituto FHC recebeu 975 mil reais da Odebrecht, de dezembro de 2011 a dezembro de 2012. Já os pagamentos para as duas entidades ligadas a Lula receberam 3,97 milhões de reais, pagos de 2011 a 2014. Não há informação de que os recursos tenham origem ilícita.

Esse laudo trata da movimentação financeira da Odebrecht e da ligação da empreiteira em contratos da Petrobras. A construtora é uma das empresas investigadas na Operação Lava-Jato. Em junho, o presidente da holding que controla a construtora, Marcelo Odebrecht, foi preso pela PF. Ele e ex-executivos da companhia respondem a processos originados pela investigação.

Conforme o laudo, a Odebrecht movimentou cerca de 277 milhões de reais em contas no exterior, que foram usadas para pagar propina. Segundo a análise, a holding e as subsidiárias firmaram contratos que somam 34,5 bilhões de reais, com a Petrobras, seja diretamente ou participando em consórcios com outras empresas. (AG)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Relato de FHC sobre bastidores de seu governo criou incômodo em aliados
Astronautas fazem caminhada no espaço para manutenção da estação espacial
Deixe seu comentário
Pode te interessar