Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Brasil Por esforço próprio, ministro do Meio Ambiente diz que Brasil preservou 84% da Amazônia

Compartilhe esta notícia:

Ministro é alvo de críticas por atuação diante da crise do desmatamento. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse, nesta segunda-feira (09) em coletiva de imprensa, que o Brasil preservou a Amazônia por esforços próprios. “O Brasil é um país que preservou 84% da sua floresta amazônica, e fez isso pelos seus méritos próprios, com seus esforços próprios e continua preservando e defendendo a floresta”, disse. Ele informou que o país está aberto para receber recursos. “O Brasil está aberto para receber e quer fazer a materialização desses serviços o mais rápido possível para poder militar a serviço do meio ambiente, da floresta e da preservação”, afirmou.

O ministro disse, ainda, que as atitudes do governo contra o desmatamento ilegal da Amazônia passam pela modernização do decreto de conversão de multas. “As tarefas de combate à criminalidade são desempenhadas sobretudo pelas autoridades policiais, dos órgãos de fiscalização ambientais, na parte de punições administrativas. A percepção penal relativa aos crimes ambientais é feita através do Judiciário. Além disso, estamos modernizando, inclusive, com a atualização do decreto de conversão de multas, dando maior celeridade ao programa”, disse

Quanto às críticas internacionais sobre o aumento das queimadas na Amazônia, Salles disse que o governo tomou todas as atitudes que poderia tomar em resposta ao aumento das queimadas e que a tendência é de controle.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Judoca paranaense é encontrado morto dentro de piscina
Conheça os finalistas do Festival de Música de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar