Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre

Porto Alegre Porto Alegre registrou 29.325 casos de coronavírus e 887 mortes pela doença

Compartilhe esta notícia:

Total de casos na Capital chega a 29.325, com 24.697 pessoas recuperadas da doença.

Foto: Divulgação/PMPA
Total de casos na Capital chega a 29.325, com 24.697 pessoas recuperadas da doença. (Foto: Divulgação/PMPA)

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) registrou o total de 29.325 casos confirmados de pacientes com coronavírus em Porto Alegre até esta terça-feira (15). Entre estes, 24.697 pessoas se recuperaram da doença e 887 morreram. Foram registrados também 85.696 casos negativos e outros 8.235 estão em análise.

Os serviços de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estavam até às 20h desta terça com 304 casos confirmados de Covid-19, sendo três em pediatria. Há também 40 casos suspeitos de adultos e um infantil.

Hospitais abrem seleção

A SMS informou que estão abertos os processos seletivos de residência médica para o HPS (Hospital de Pronto Socorro) e o HMIPV (Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas), administrados pelo Município. As inscrições podem ser realizadas até 14 de outubro, exclusivamente pela Internet, nos endereços www.amrigs.org.br, www.acm.org.br e www.amms.com.br.

No HMIPV, a seleção oferece seis vagas na especialidade de Ginecologia e Obstetrícia e nove vagas na área de Pediatria. O programa de residência médica tem duração de três anos. Já no HPS, os processos seletivos são para residência médica em Cirurgia Geral, com três vagas, e em Medicina de Emergência, que oferece seis vagas, ambos com duração de três anos. No caso da Medicina de Emergência, as inscrições serão realizadas apenas no site www.amrigs.org.br.

O HPS também coordena a seleção para ingresso no programa de residência médica em Medicina de Família e Comunidade, com 15 vagas. O programa terá duração de dois anos letivos, tendo início em março de 2021 e conclusão prevista para fevereiro de 2023.

O valor do boleto será igual ao somatório da taxa do exame 2020 com as taxas dos PRM (Programas de Residência Médica) que o candidato optou. No caso da instituição HPS, o valor é de R$ 350,00 em cada processo seletivo. Extrato de edital, manual do candidato e demais informações dos processos seletivos de residência médica estão disponíveis também no site da SMS.

Atenção primária

Estão abertos os processos seletivos para residência multiprofissional em Atenção Primária à Saúde e residência médica em Medicina de Família e Comunidade. Cada seleção tem suas especificidades com relação a prazos e formas de inscrição.

O processo seletivo para Residência Multiprofissional em Atenção Primária à Saúde está sob responsabilidade da Fundatec (Fundação Universidade Empresa de Tecnologias e Ciências) e da comissão de seleção da SMS. As inscrições serão recebidas até 21 de outubro, exclusivamente neste endereço eletrônico, onde consta o edital do Processo Seletivo Unificado – Residência Uniprofissional e Multiprofissional em Saúde. São 12 vagas para enfermagem, farmácia e odontologia, quatro em cada área. O programa terá duração de dois anos letivos, com início em março de 2021 e conclusão prevista para fevereiro de 2023.

Os residentes serão contemplados com bolsa-auxílio de valor nacionalmente fixado e custeado pelo Ministério da Saúde e vale-alimentação no valor de R$ 550,00, pagos pelo Município de Porto Alegre. Será concedido benefício moradia ao residente que necessitar realizar mudança de domicílio para a Região Metropolitana, até o teto de R$ 1.500,00, conforme legislação vigente. A carga horária total mínima é de 5.760 horas, com atividades teóricas, teórico-práticas e práticas, devendo ser cursadas em regime de dedicação exclusiva.

Já o processo seletivo de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade é coordenado pelo HPS (Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre). As inscrições serão recebidas até 14 de outubro, exclusivamente em www.amrigs.org.br/exame. São oferecidas 15 vagas, sendo que uma está ocupada, conforme resolução CNRM nº 04/2011, por candidato aprovado na seleção do ano anterior e que se encontra prestando serviço militar obrigatório. A duração será de dois anos letivos, tendo início em março de 2021 e conclusão prevista para fevereiro de 2023.

Os residentes receberão bolsa-auxílio de valor nacionalmente fixado, custeada pelo Ministério da Saúde, e com complementação de bolsa no valor de R$ 3.619,57 e vale-alimentação no valor de R$ 550,00, pagos pelo Município. Residente que necessitar realizar mudança de domicílio para a Região Metropolitana terá benefício moradia até o teto de R$ 1.500,00, conforme legislação vigente.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Organização Mundial do Comércio conclui que Estados Unidos quebraram regras ao impor tarifas sobre China
Covid-19: Brasil tem 1,1 mil mortes e 36,6 mil casos nas últimas 24h
Deixe seu comentário
Pode te interessar