Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Colunistas PP diz que Previdência não é deficitária, e cobra posição da bancada federal

(Foto: Reprodução)

O tema Reforma da Previdência mereceu uma análise da bancada estadual do PP. Ontem, o líder da bancada, deputado João Fischer, o Fixinha, informou à coluna que depois de analisar o tema os deputados do bloco decidiram enviar correspondência para os deputados federais do partido solicitando uma posição em relação à Reforma da Previdência, especialmente no tocante à aposentadoria rural.

“Esta é uma bandeira dos progressistas e o partido precisa reafirmar suas convicções em relação ao tema. A Previdência não é deficitária, assim como não é possível imaginar que uma pessoa comece a trabalhar na colônia aos dez anos e vá se aposentar somente aos 65 anos”, afirma o líder.

A posição dos deputados estaduais também é compartilhada pelo presidente da sigla no Estado, Celso Bernardi. “O PP deve ser coerente com seu passado. Precisamos de uma posição firme de parte da bancada federal e contamos com a compreensão de nossos deputados”.

Cavaleiros e cavalos chegam à Praia da Guarita

Admirada por muitos, rejeitada por outros tantos, a tradicional Cavalgada do Mar, iniciada em 1984, chega no próximo sábado, no dia 25 de fevereiro, em Torres. A Guarita é uma área de preservação ambiental criada em 1971. Estima-se que mais de mil cavaleiros com suas montarias chegarão pela Praia da Guarita. No sábado acontece o encerramento da iniciativa que começou dia 17 de fevereiro no balneário Dunas Altas, em Palmares do Sul.

Padilha escolhe Hospital das Forças Armadas

Acometido de uma severa infecção urinária que dificultava inclusive a sua intensa rotina nos últimos dias, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, rompeu a regra dos notáveis de Brasília, de buscar atendimento no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Padilha preferiu o HFA (Hospital das Forças Armadas), em Brasília.

O HFA tem uma gestão formada por oficiais generais das três armas: general Lauro Luis Pires da Silva (Comandante Logístico), o Contra Almirante Luis Claudio Barbedo Froes, e o Brigadeiro Médico Eduardo Serra Negra Camerini.

OAB e o filtro do foro privilegiado

Presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o gaúcho Claudio Lamachia disse ontem que a entidade defende a redução do amplo quadro de agentes públicos beneficiados pelo foro privilegiado. Em nota, Lamachia alerta para que “essa proteção não sirva de salvaguarda” para acusados de corrupção.

“É preciso reduzir o número de agentes públicos beneficiados pelo foro privilegiado e redefinir urgentemente os critérios para que essa proteção não sirva de salvaguarda para quem tenha cometido irregularidades”, afirmou, em comunicado, a OAB.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Serraglio x Bonifácio
Chance não deve ser perdida
Deixe seu comentário
Pode te interessar