Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Partly Cloudy

Brasil Presidente chileno se reúne com Bolsonaro e líderes sul-americanos devem se encontrar em setembro

Compartilhe esta notícia:

Bolsonaro e Piñera focaram em pautas que tratam do meio ambiente. (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Líderes de países da América do Sul devem se reunir em setembro para discutir uma política única de preservação da Amazônia. O comunicado foi dado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O encontro deve ocorrer no dia 6 de setembro na cidade colombiana Leticia, fronteira entre a Colômbia e o Brasil. O presidente do Chile, Sebastián Piñera, se reuniu nesta quarta-feira (28) com Bolsonaro, no Palácio do Planalto. Os presidentes discutiram sobre questões ambientais, priorizando a participação chilena na reunião do G7, que ocorreu no último dia 25.

“Eu havia solicitado por ele alguns dias antes, assim como outros chefes de Estado, que levasse a palavra do Brasil sobre o momento que estávamos vivendo [de queimadas na Amazônia]. E ele, com muita maestria, muito companheirismo, levou nossa posição de forma individual a todos os integrantes do G7. O que nós mais queremos é restabelecer a verdade sobre o que está acontecendo na Amazônia”, disse Bolsonaro após o encontro.

Além disso, o Brasil e o Chile reafirmaram seu compromisso de aprofundar a cooperação e a coordenação entre os países em todas as áreas. Em nota, o Ministério das Relações Exteriores divulgou que Bolsonaro e Piñera afirmaram sua opinião comum de que os desafios ambientais devem ser tratados com respeito à soberania nacional e devem ser abordados com base no conhecimento e na evidência científica. Ainda de acordo com o Ministério, Bolsonaro reiterou sua disposição de colaborar com a presidência chilena no âmbito da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2019 (COP25), que será realizada em Santiago

de 2 a 13 de dezembro, para assegurar que os instrumentos de financiamento existentes sejam implementados adequadamente. De acordo com Piñera, o Chile irá enviar ao Brasil quatro aviões especializados no combate ao fogo.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Rainha Elizabeth II aprova suspensão do parlamento inglês
Debates sobre acordo entre Mercosul e UE movimentam representantes de cadeias produtivas na Expointer
Deixe seu comentário
Pode te interessar