Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
31°
Fair

Capa – Caderno 1 Queniano supera limite humano e completa maratona em menos de 2 horas

Eliud Kipchoge, campeão olímpico e mundial, fez 1h59min40s2 em Viena. (Foto: Reprodução/Twitter)

Na manhã deste sábado (12) em Viena, Eliud Kipchoge superou o limite humano e se tornou o primeiro homem a completar uma maratona em menos de duas horas. Num evento de um patrocinador, em Viena, evento organizado para a tentativa da quebra da marca, o queniano de 34 anos conseguiu 1h59min40s2.

No Twitter, Kipchoge disse estar sem palavras e agradeceu o apoio recebido de todo o mundo. “Hoje nós fomos à Lua e voltamos à Terra! Estou sem palavras por todo apoio que eu tenho recebido de todas as partes do mundo. Obrigado a todos vocês que me deram oportunidade.”

Eliud Kipchoge não teve o tempo homologado como a nova melhor marca mundial por ter sido em uma prova não-oficial, mas ele espera que, mesmo assim, estimule outros atletas a alcançarem a marca.

Uma equipe de 41 corredores (revezando-se em times) apoiou Kipchoge, que ficara a segundos distante da marca em Monza, na Itália, em maio de 2017, em outro evento de patrocinador, na primeira tentativa organizada para tentar quebrar a barreira das duas horas. Durante todo o trajeto em Viena o queniano era incentivado pelo público, que foi ao delírio no quilômetro final. A poucos metros da chegada, o último grupo de apoio reduziu o ritmo para que Eliud Kipchoge seguisse destacado e concluísse o percurso para ovação dos presentes.

Um dia antes da corrida, Kipchoge escreveu sobre limites no Twitter. “Eu não sei onde os limites estão, mas eu gostaria de chegar lá”.

Há dois anos, um projeto denominado “Breaking2” surgiu com o objetivo quebrar a barreira das duas horas em uma maratona. Percorrer 42,195 km em menos de 120 minutos é um grande desafio para o corpo humano e para a história, pois seria preciso uma velocidade média de pelo menos 21,27 km/h. Na ocasião, Eliud Kipchoge ficou a somente 25 segundos de atingir o feito.

Campeão olímpico em 2016, no Rio de Janeiro, e dono do melhor tempo – oficial – da maratona na história (2h01m39s obtidos em 2018 em Berlim), o queniano é imbatível na maratona, vencendo também, entre outras, em Londres, Chicago e Roterdã. Este ano, Kipchoge tem como melhor marca homologada um 2h02m37s, em abril, em Londres. Ele é o atual número 1 do ranking da IAAF, com 1466 pontos. Com informações do portal G1.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Robert Forster, ator de Breaking Bad e Jackie Brown, morre aos 78 anos
Black Friday de 2019 deve igualar busca por lojas físicas e compras online
Deixe seu comentário
Pode te interessar