Domingo, 25 de julho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fog

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul volta para 12 semanas intervalo entre doses de vacinas da Covid

Compartilhe esta notícia:

O Cosems solicitou que a antecipação do intervalo ficasse restrita ao lote de Astrazeneca que o Estado tinha em estoque, já distribuído aos municípios.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O Cosems solicitou que a antecipação do intervalo ficasse restrita ao lote de Astrazeneca que o Estado tinha em estoque, já distribuído aos municípios. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A SES (Secretaria da Saúde) acatou na tarde desta quarta-feira (21) o pedido do Cosems (Conselho das Secretarias Municipais de Saúde) para retorno do intervalo de 12 semanas entre vacinas contra a Covid-19. A proposta da SES era manter a aplicação das segundas doses da Astrazeneca e Pfizer no período entre 10 e 12 semanas para ampliar a cobertura vacinal da população e reforçar a proteção contra novas variantes.

O Cosems, no entanto, diante de recomendação do Ministério da Saúde pela manutenção das 12 semanas, em função de que a alteração poderia provocar falta de D2 (segunda aplicação) para os esquemas já iniciados (tendo em vista que o envio de vacinas aos Estados considera o intervalo de 12 semanas), solicitou que a antecipação do intervalo ficasse restrita ao lote de Astrazeneca que o Estado tinha em estoque, já distribuído aos municípios.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Encontrados os corpos dos dois bombeiros desaparecidos no incêndio da Secretaria da Segurança
Justiça confirma demissão por justa causa de funcionária que se recusou a tomar vacina
Deixe seu comentário
Pode te interessar