Quarta-feira, 15 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Porto Alegre Ruas do bairro Azenha recebem manejo arbóreo preventivo

Compartilhe esta notícia:

Pelo menos seis ruas e uma praça serão contempladas.

Foto: Cristine Rochol/PMPA
Pelo menos seis ruas e uma praça serão contempladas. (Foto: Cristine Rochol/PMPA)

Teve início nesta quinta-feira (5) na rua 20 de Setembro, uma ação de podas e supressões preventivas de árvores em diversas ruas do bairro Azenha. Após o atendimento completo desta via, as equipes seguirão o roteiro em parte das ruas Marcílio Dias, General Caldwell, Barão do Triunfo, Visconde do Herval e Botafogo, e contemplarão a praça Princesa Isabel, localizada entre as avenidas da Azenha, Princesa Isabel e Bento Gonçalves.

As atividades são realizadas pela Equipe de Manejo Arbóreo da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e foram solicitadas pela Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. A previsão é de que a operação ocorra até o início da próxima semana, a depender das condições climáticas e do tráfego e estacionamento de veículos.

“A nossa gestão dobrou o número de equipes e ampliou as podas e supressões de árvores de 400 por mês para mais de 1.800. Isso nos possibilita, hoje, realizar uma série de ações preventivas para minimizar o risco de queda em dias de temporal e também contribuir com a visibilidade dos espaços e a segurança pública em Porto Alegre”, afirma o secretário Ramiro Rosário.

Ainda segundo o titular da pasta, todas as ações da Secretaria são realizadas sob o comando e a supervisão de engenheiros agrônomos e biólogos para que tudo ocorra dentro dos limites legais e ambientais.

Serviços

Desde 2015, Porto Alegre não tinha contrato terceirizado para podas e supressões de árvores em espaços públicos. O primeiro contrato firmado pela gestão Marchezan ocorreu em junho de 2018 e teve três principais focos: o atendimento de 400 casos de árvores com risco grave de queda; serviços preventivos em ruas e avenidas com maior circulação; e protocolos gerados via 156. Além disso, pelo menos uma praça por semana recebe serviços de podas, levantamento de copa, reequilíbrio, retirada de galhos secos, controle de erva de passarinho e remoção. Este contrato também apresenta inovações, como caminhões equipados com GPS, fotos do antes e do depois e ponto biométrico para os servidores.

Como solicitar

Todas as demandas de manejo arbóreo devem ser registradas por meio do Sistema Fala Porto Alegre 156, via telefone ou app Eu Faço POA, visando que os técnicos tomem conhecimento dos casos e possam agendar vistorias e futuras intervenções.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Governador sanciona lei que trata da indenização pelo atraso do 13º
O novo partido de Bolsonaro, Aliança pelo Brasil, teve a sua criação registrada em cartório
Deixe seu comentário
Pode te interessar