Quarta-feira, 24 de julho de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Tecnologia Saiba como é o avião elétrico chinês que poderá voar 3 mil quilômetros com bateria “ultracondensada”

Compartilhe esta notícia:

Fabricante chinesa de baterias anunciou que vai lançar avião elétrico para voos comerciais em 2027. (Foto: CATL)

Tradicionalmente dominada por motores de combustão, movidos a combustíveis fósseis — responsáveis ​​por 2,5% a 5% das emissões globais de gases com efeito de estufa —, a indústria da aviação atravessa uma era de inflexão marcada pela necessidade de reduzir o seu impacto ambiental e de se modernizar para um futuro que, de muitas formas, já chegou.

É neste contexto que, por parte do setor, começam a surgir medidas como a implementação de fontes alternativas de energia ou a fabricação de motores mais eficientes e menos poluentes. Tudo para mitigar o impacto ambiental.

Nessa linha, a CATL (Contemporary Amperex Technology Co. Limited), empresa chinesa de tecnologia especializada na fabricação de baterias de íon-lítio para automóveis, anunciou que tem planos de estrear no negócio de grandes aeronaves sustentáveis.

Durante o último Salão do Automóvel de Xangai, a empresa apresentou uma nova bateria de alta densidade energética: 500 Wh/kg numa única célula — aproximadamente o dobro do que oferecem as baterias dos carros elétricos mais avançados. A estrutura permite armazenar mais energia em menos espaço e com menos peso, fatores cruciais na aviação.

A empresa falou de um novo cenário de eletrificação na área de aeronaves de voo comercial. De acordo com o que foi anunciado em abril, a CATL tem trabalhado em conjunto com a Comac (Commercial Aircraft Corporation of China), nos últimos anos, no projeto e no desenvolvimento de uma aeronave comercial que adotará o novo sistema de bateria ultracondensada, bem como no projeto e no desenvolvimento de motores elétricos e hélices específicas para a nova mecânica.

Foi no dia 25 de junho, durante a 15ª Reunião Anual dos Novos Campeões do Fórum Econômico Mundial, que o presidente da CATL, Robin Yuqin, voltou a falar publicamente sobre o assunto e anunciou que o lançamento da nova aeronave elétrica está previsto para 2027 ou 2028.

Aeronave

Pesando oito toneladas, a aeronave terá autonomia de até três mil quilômetros, valor que seria especialmente útil para conexões regionais e voos de médio alcance. Poderia, por exemplo, cobrir rotas de Londres a Atenas, de Paris a Moscou ou de Toronto a Cancún.

O grupo garantiu que já estão sendo realizados os primeiros testes da aeronave, nas versões de quatro toneladas.

O gestor falou ainda sobre a viabilidade de implementar estas baterias em aeronaves privadas e executivas e possivelmente lançá-las no mercado para comercialização em 2025, dependendo da rapidez com que a fase de testes for concluída.

Este tipo de baterias também tem potencial para acelerar o desenvolvimento de aeronaves híbridas e elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL). Uma das grandes invenções em que se aposta no setor de mobilidade urbana, as aeronaves podem mudar o mundo das transferências (especialmente aquelas que possuem componente emergencial), ao evitar o trânsito, contribuindo também para a redução do congestionamento de veículos nas cidades.

Por outro lado, paralelamente ao desenvolvimento de baterias de alta densidade para aeronaves elétricas, a CATL também trabalha numa nova série de baterias de sódio, que visa a reduzir custos, aumentar o ciclo de vida útil e melhorar o desempenho global.

Fundada no final de 2011 por Zeng Yuqun, a CATL é um dos exemplos que confirmam a força da China na nova era da mobilidade. A sede fica em Ningde, no sul do país asiático, mas possui sedes em diferentes cidades da China, além de Japão, Alemanha e Estados Unidos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Instituto Butantan desenvolve versão “turbinada” da vacina BCG e aumenta a eficácia contra tuberculose para 99%
Gloria Pires nega que vá viver Odete Roitman em remake da novela “Vale Tudo”
https://www.osul.com.br/saiba-como-e-o-aviao-eletrico-chines-que-podera-voar-3-mil-quilometros-com-bateria-ultracondensada/ Saiba como é o avião elétrico chinês que poderá voar 3 mil quilômetros com bateria “ultracondensada” 2024-07-05
Deixe seu comentário
Pode te interessar