Sábado, 12 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

Mundo Tiroteio em escola na Rússia deixa mortos e feridos

Compartilhe esta notícia:

Vítimas seriam oito estudantes e um professor. Dez pessoas foram feridas, das quais quatro estão hospitalizadas

Foto: Reprodução
Vítimas seriam oito estudantes e um professor. Dez pessoas foram feridas, das quais quatro estão hospitalizadas. (Foto: Reprodução)

Pelo menos nove pessoas foram mortas nesta terça-feira (11) em um tiroteio em uma escola em Kazan, uma cidade na região central da Rússia, informaram as agências Interfax e Ria Novosti, acrescentando que um agressor, um adolescente, foi preso.

De acordo com os serviços de emergência citados pela agência Interfax, pelo menos oito alunos e um professor perderam a vida no ataque. A agência TASS informou que pelo menos dez outras pessoas ficaram feridas e quatro delas foram hospitalizadas.

Imagens também mostraram veículos de serviço de emergência estacionados em frente à escola, com pessoas correndo em direção ao prédio. O número de vítimas, porém, pode aumentar. A imprensa local informa 11 mortos, número diferente do informado pelas agências.

“As forças da ordem prenderam um adolescente suspeito de ser o autor do tiroteio”, informou a Ria Novosti. Imagens postadas nas redes sociais mostraram um jovem sendo imobilizado no chão do lado de fora do prédio da escola por um policial.

A imprensa local especula ainda que outra pessoa participou do ataque. Autoridades, entretanto, não confirmaram essa informação. Imagens transmitidas pela televisão mostraram dezenas de pessoas fora da escola, cercadas por policiais e bombeiros.

“Ouvimos uma explosão dentro do terreno da escola, vemos muita fumaça”, disse uma testemunha citada pela Ria Novosti. “Eu estava na aula, ouvi uma explosão e depois tiros”, confirmou um professor à TASS.

Por causa do tiroteio em Kazan, autoridades de segurança anunciaram reforço no policiamento em outras escolas da região. Kazan é a capital da região de maioria muçulmana do Tartaristão e está localizada a 725 km a leste de Moscou.

Um dos últimos tiroteios desse tipo ocorreu na Crimeia anexada à Rússia em 2018, quando um estudante de uma faculdade matou 19 antes de apontar sua arma contra si mesmo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Caixa Econômica Federal libera saques e transferências do auxílio emergencial a trabalhadores nascidos em agosto
Prefeitura de Porto Alegre requisita professores da rede privada em meio a greve
Deixe seu comentário
Pode te interessar