Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Esporte Uma lesão sofrida em amistoso da Seleção Brasileira afasta Neymar do futebol por um mês

Neymar não deve voltar a tempo de próximos amistosos da seleção. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Neymar estará fora de ação por aproximadamente quatro semanas. O PSG (Paris Saint-Germain) confirmou nesta segunda-feira (14) uma lesão de grau 2 na coxa esquerda após o craque brasileiro realizar uma ressonância magnética.

Neymar sentiu a coxa após dar uma arrancada por volta dos 10 minutos do primeiro tempo do amistoso contra a Nigéria. Instantes depois, deixou o gramado para entrada de Coutinho e ficou no banco de reservas fazendo gelo.

Nesta segunda, o atacante postou uma foto em seu perfil no Instagram com um aparelho na coxa esquerda e escreveu “recuperação” em inglês.

Neymar será reavaliado em oito dias, mas se ficar afastado por estas quatro semanas perderá seis jogos do Paris Saint-Germain, sendo dois pela Liga dos Campeões: Nice (Francês), Brugge (Liga dos Campeões), Olympique de Marselha (Francês), Dijon (Francês), Brugge (Liga dos Campeões), Brestois (Francês).

É improvável que o camisa 10 da seleção também esteja apto para jogar os próximos amistosos em novembro, contra a Argentina, no dia 15, e Coreia do Sul, no dia 19.

Não-transferência

A não-transferência de Neymar na última janela de transferência ainda dá o que falar. O jogador falou com seus antigos companheiros do Barcelona, tentou a volta e não conseguiu. De acordo com o jornal Marca, isso também aconteceu envolvendo o Real Madrid.

“Antes que chegasse essa última semana de agosto, na qual Bartomeu (presidente do Barcelona) se viu cara a cara com Al Khelaifi (presidente do Paris Saint-Germain) em Mônaco, Neymar fez todo o possível e impossível para assinar com o Real Madrid. Chegou a falar até com quatro jogadores diferentes do elenco principal e tudo para transmitir seu desejo de jogar na equipe madrilenha”, diz texto assinado por José Félix Díaz nesta segunda.

A publicação aponta que o primeiro com quem Neymar conversou foi Sergio Ramos; posteriormente, falou com Marcelo e Casemiro; por fim, entrou em contato com Lukas Modric.

“A mensagem das conversas era claro e expressava o desejo de jogar no Real Madrid e sair do PSG, circunstância que o próprio jogador confirmou ao reconhecer que se via fora da equipe parisiense no verão passado.”

Sempre segundo o Marca, o diretor esportivo do PSG, Leonardo, conversou em mais de uma vez com dirigentes do Real e a desistência do clube ocorreu em 20 de agosto.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Lesão em amistoso tira Neymar do PSG e da Seleção Brasileira por um mês
A torcida do Flamengo fez filas enormes para comprar ingressos para o jogo decisivo contra o Grêmio na Libertadores
Deixe seu comentário
Pode te interessar