Segunda-feira, 26 de julho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Thunderstorm

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo Uruguai atinge 70% de sua população vacinada com pelo menos uma dose contra o coronavírus

Compartilhe esta notícia:

No pequeno país de 3,5 milhões de habitantes, cerca de 2,48 milhões de pessoas receberam pelo menos a primeira injeção das vacinas Sinovac, Pfizer ou Astrazeneca

Foto: Reprodução
No pequeno país de 3,5 milhões de habitantes, cerca de 2,48 milhões de pessoas receberam pelo menos a primeira injeção das vacinas Sinovac, Pfizer ou Astrazeneca. (Foto: Reprodução)

O Uruguai atingiu nesta terça-feira (20) a marca de 70% de sua população inoculada com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19, segundo a contagem oficial de vacinação, em meio a uma desaceleração abrupta nos piores indicadores da pandemia.

No pequeno país de 3,5 milhões de habitantes, cerca de 2,48 milhões de pessoas receberam pelo menos a primeira injeção das vacinas Sinovac, Pfizer ou Astrazeneca. Destas, a maioria (2,09 milhões ou 59% da população) já recebeu a inoculação completa.

Se for considerada apenas a população-alvo, ou seja, todos os maiores de 12 anos, o país já imunizou 84% com uma dose e 70% com duas. Os excelentes índices de imunização andam de mãos dadas com uma queda acentuada nas infecções, mortes e internações em terapia intensiva por Covid-19 que vem sendo registrada desde junho.

Até segunda-feira, 4.082 casos ativos foram contabilizados no Uruguai, uma queda acentuada em relação ao pico alcançado no final de maio, quando o país tinha 36.121 pessoas com a doença.

Da mesma forma, após se manter por várias semanas como a nação com mais mortes diárias em relação à sua população, com um registro de 79 mortes em 15 de abril, nos últimos 7 dias tem uma média de oito mortes diárias.

Com base nesses resultados auspiciosos, o presidente Luis Lacalle Pou, que nunca decretou confinamentos obrigatórios, disse que aguarda a confirmação da tendência para flexibilizar as medidas restritivas nas fronteiras.

Enquanto isso, várias atividades voltam ao normal, incluindo o retorno em julho às aulas presenciais em todos os níveis de ensino. Embora o Uruguai tenha registrado seus primeiros casos da variante Delta no sábado, com 26 pessoas infectadas após viagens ao exterior, as autoridades esperam que o nível de vacinação mitigue o impacto da cepa detectada pela primeira vez na Índia e que está causando surtos de vírus em várias regiões do mundo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

França afirma que enfrenta a quarta onda do coronavírus
Com dois gols de Marta, seleção feminina de futebol do Brasil estreia na Olimpíada com goleada de 5 a 0 sobre a China
Deixe seu comentário
Pode te interessar