Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Fair

Brasil Vale fecha acordo para familiares de funcionários mortos em Brumadinho

(Foto: Reprodução/REUTERS/Washington Alves)

O Ministério Público do Trabalho e a empresa Vale assinaram, nesta segunda-feira (15), um acordo de reparação de danos morais e materiais. O texto diz respeito ao rompimento da barragem de Córrego do Feijão, em Brumadinho, que ocorreu em janeiro deste ano e deixou 248 vítimas fatais e 22 desaparecidos.

Com o acordo, cônjuge ou companheiro, filho, mãe e pai de funcionários da Vale que morreram na tragédia devem receber individualmente R$ 700 mil, divididos entre dano moral e seguro adicional por acidente de trabalho. Já os irmãos de trabalhadores falecidos devem receber R$ 150 mil por dano moral.

Ainda de acordo com o MPT, o dano moral coletivo será reparado com o pagamento de R$ 400 milhões, que deve ser realizado no dia 6 de agosto deste ano. Como indenização por dano material, as famílias dependentes do trabalhadores mortos devem receber pensão mensal vitalícia até os 75 anos de idade. O atendimento psicológico, médico, psiquiátrico pós-traumático também serão disponibilizados aos familiares.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

A Polícia Civil desarticulou um esquema que utilizava uma falsa empresa de agronegócio para trazer drogas ao Rio Grande do Sul
Vasco pedirá impugnação de resultado do confronto contra o Grêmio
Deixe seu comentário
Pode te interessar