Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Partly Cloudy

Brasil Vice-presidente da República critica fala de Dilma

Além dos 53 aeroportos, o governo terá uma lista de outras 123 unidades que poderão receber investimentos à medida que a situação econômica melhorar (Foto: Dida Sampaio/AE)

O vice-presidente da República, Michel Temer, teve uma reunião de meia hora com a presidenta Dilma na manhã dessa quinta-feira e a aconselhou a agir institucionalmente diante da decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, de acolher pedido de impeachment contra ela.

Temer foi ao encontro da mandatária após ter se recusado a participar de uma grande reunião, marcada para às 15h, na qual, com representantes da base e ministros de Estado, Dilma discutiria a decisão de Cunha.

Depois da reunião, Temer, através de amigos, negou que tivesse se colocado a assessorá-la juridicamente, na sua defesa contra o impeachment: “A presidente tem a Advogacia-Geral da União, o corpo de assessores e o próprio ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, que formam uma equipe mais do que competente para lhe dar todo assessoramento jurídico”, declarou.

Ele disse que continua na sua posição discreta e reservada, mas atento aos acontecimentos. Na intimidade, Temer considerou um erro Dilma ter dado coletiva para responder Cunha. (AG)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Bovespa fecha em forte alta com a abertura de impeachment contra Dilma
A Turquia vai se arrepender de ter derrubado avião da Rússia, diz Putin
Deixe seu comentário
Pode te interessar