Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Confira os números do Grêmio em mata-matas contra brasileiros na Libertadores

A morte da ator Luke Perry será incluída no roteiro da série Riverdale

Em entrevista, o criador da série diz que ator será homenageado na trama. (Foto: Reprodução)

A morte de Luke Perry, de 52 anos, no último dia 4, vítima de um AVC, deixou muitos fãs abalados. Admiradores do ator, que estourou nos anos 90 em Barrados no Baile e que acompanhavam Riverdale, último trabalho de Perry, porém, poderão contar com uma homenagem.

Em entrevista ao Entertainment Tonight Online, o criador da série afirmou que a situação será incluída na trama de seu personagem, Fred Andrews. “Honestamente, nós estamos, eu acho, todos em choque e ainda estamos processando o luto. Nós sabemos que temos que falar sobre isso de alguma maneira, mas estamos nos dando um pouco mais de tempo e espaço antes de entendermos a melhor maneira de honrá-lo”, explicou Roberto Aguirre-Sacasa.

A trama, que ainda tem alguns episódios gravados com o ator e que serão exibidos, falou da homenagem que Perry vai receber em Riverdale. “Nós somos como uma família e quando uma perda dessas acontece, você carrega isso para sempre. Isso muda tudo, mesmo que esperançosamente com o tempo essa dor vá diminuindo. Seu espírito, que sempre foi generoso e vívido, nós esperamos que tome conta de cada episódio, de cada mente e de cada passo que a série der. Tudo terá um pouco dele”, completou Aguirre-Sacasa.

Mensagem após a morte

O ator Brian Austin Green causou polêmica nas redes sociais ao dizer que mandou uma mensagem para o celular do amigo Luke Perry (1966-2019) logo após saber da morte do amigo. Hoje aos 45 anos, o ex-colega de Perry na série ‘Barrados no Baile’ revelou o envio de sua mensagem durante o mais recente episódio de seu podcast, noticia o jornal MetroUK. “Eu enviei uma mensagem para o Luke logo depois que ele morreu, obviamente sabendo que ele jamais me responderia, mas com alguma esperança que teria um retorno ou que ele estivesse por perto”, disse o astro casado com a atriz Megan Fox.

“Eu sei que ele está por aí”, continuou Green. “Eu sei que ele está olhando aqui pra baixo e sorrindo. O Luke era uma dessas pessoas que ninguém tinha uma história ruim para contar. Ele era um cara especial e ainda estou de luto, então parte de mim ainda está chocada de falar dele dessa forma. Todos nós sabíamos que teríamos de lidar com a perda de membros do elenco em algum momento, mas não tão cedo. Não aos 52 anos. Não de forma tão abrupta”, disse o artista.

Além de questionamentos relacionados ao envio de sua mensagem ao amigo, Green também foi criticado por ter gravado seu podcast na Southern California’s Torrance High School, escola que servia de cenário de filmagem para ‘Barrados no Baile’. Anteriormente, ele havia sido criticado por seu silêncio em seguida à morte do amigo. Green respondeu às críticas com um comentário em um post recente em sua conta no Instagram. “A morte do Luke é algo terrível. Como foi dito por muitos, cada um lida com o luto de maneira diferente. Todo mundo deveria respeitar o processo de cada um”, declarou.