Home > Capa – Caderno 1 > Saiba por que Einstein teve que esperar que um eclipse confirmasse a sua teoria da relatividade

Baú de bondades

Para os investigadores, outras provas já seriam suficientes para oferecer denúncia contra Temer. (Foto: Reprodução)

Na tentativa de acalmar o Congresso Nacional, o Ministério da Fazenda já liberou este ano 168 milhões de reais das emendas individuais impositivas e  85 milhões para as de bancada. É o combustível para que a maioria dos parlamentares não jogue contra o governo. A pergunta que cabe: senadores e deputados federais, além de legislar e fiscalizar, precisam distribuir verbas para regiões onde colhem votos?

Joga tudo 

O presidente Michel Temer vai negociar o alongamento das dívidas dos Estados com o Banco Nacional de Desenvolvimento, Econômico e Social para impulsionar obras regionais de infraestrutura. Em outras palavras, fazer mais afagos para ganhar o apoio de governadores.

Direito de escolha

Em setembro, terminará o mandato do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com quem o presidente Michel Temer tem mantido batalha constante. Por tradição, o substituto para comandar o Ministério Público Federal será escolhido em lista tríplice elaborada pela Associação Nacional dos Procuradores da República. O presidente da República, porém, não está obrigado a optar pelo primeiro da lista, nem se limitar às alternativas oferecidas pela entidade. Fugir delas seria também comprar uma grande briga.

Bons tempos

O comentarista político norte-americano Walter Lippmann escreveu no jornal New Republic em 1931: “Não há necessidade maior para as pessoas que vivem em comunidade que serem governadas, se possível, bem governadas se tiverem sorte, mas em qualquer caso, governadas.” Hoje, com as gestões públicas deterioradas, não repetiria o conceito.

Em nome dos favores

Em Minas Gerais, cada um dos 77 deputados estaduais pode indicar 1 milhão e 500 mil reais em emendas ao Orçamento. Mesmo que incluída na peça orçamentária do Estado, a liberação dos recursos depende de uma ordem do Executivo. No Rio Grande do Sul, a benesse não existe.

Tudo explicado

Basta acompanhar as sessões plenárias da Câmara dos Deputados para saber o motivo pelo qual continua firme e forte o programa radiofônico, em rede nacional, das 19h às 20h. Ao encerrarem os discursos, a maioria do parlamentares diz: “Senhor Presidente da mesa diretora, peço que meu pronunciamento seja levado ar pela Voz do Brasil.” Na maioria das vezes, com elogios às suas bases eleitorais.

Como fazer

Alimentar 9 bilhões de pessoas até 2050, sem que a demanda crescente torne os preços proibitivos e a produção devaste o ambiente e agrave as mudanças climáticas. Será o grande desafio da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação.

Há 60 anos

A 15 de junho de 1957, no Parque Farroupilha, foi inaugurado o Monumento ao Expedicionário, obra do escultor Antônio Caringi e símbolo da gratidão aos pracinhas da Segunda Guerra Mundial. O comandante da Força Expedicionária Brasileira na Itália, marechal Mascarenhas de Morais, veio à solenidade.

Precisa simplificar

Feita às pressas, a reforma trabalhista deixará de considerar o recorde mundial: a CLT tem 992 artigos, 145 leis ordinárias, 95 decretos, 68 portarias, 75 resoluções e 430 enunciados.

S.O.S.

Legado de um governo demagogo e autoritário: mulheres venezuelanas cruzam a fronteira gritando “temos fome.”

Inapetência

O pacotão do governo estadual há meses não sai do forno da Assembleia Legislativa.

Acontece de tudo

Da série Coisas Nossas, Muito Nossas: falsa advogada aliciava índios para fraudar Previdência Social.

Comentários