Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > “Natal em Cordas” é atração no final de semana do Natal Luz de Gramado

Em mais um treino para o duelo contra a Chapecoense, o Inter trabalhou como portões fechados no estádio Beira-Rio

Colorado está no topo da tabela, com 49 pontos. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Com a aproximação do próximo desafio do Inter no Campeonato Brasileiro, contra a Chapecoense, seguem a todo vapor os preparativos colorados para o duelo, marcado para a próxima segunda-feira, fora de casa, pela vigésima-quinta rodada. Na manhã chuvosa dessa sexta-feira, o técnico Odair Hellmann comandou um treino com portões fechados no estádio Beira-Rio.

De acordo com o site oficial colorado, a opção pela privacidade foi motivada pela necessidade de ajuste nos detalhes e definição da equipe que entrará em campo. O grupo do Saci ainda terá mais dois dias de trabalho pela frente até o jogo em Santa Catarina.

O lateral-esquerdo Iago retorna, após cumprir suspensão no Grenal do último domingo, vencido pelo Inter por 1 a 0. Já o atacante Rossi não estará à disposição, por receber o terceiro cartão amarelo. E o volante Rodrigo Dourado, com dores no pé direito, continua em tratamento e avaliação diária.

Após a jornada, Odair concedeu entrevista coletiva no centro de treinamentos do Parque Gigante. “Independente da estratégia a ser adotada, a gente tem obtido resultados positivos fora de casa”, ressaltou. “Vamos pensar bem o jogo para que possamos buscar a vitória, sempre respeitando muito a Chapecoense e sabendo da força deles em casa.”

Situação

Nos últimos quatro confrontos fora de casa, o Colorado venceu três vezes e empatou uma, configurando o melhor aproveitamento como visitante na competição. Além disso, a equipe não perde há nove jogos, período em que sofreu apenas um gol e chegou ao topo da tabela, com 49 pontos. Já a Chapecoense, com 25 pontos, está em décimo-sexto lugar.

Deixe seu comentário: