Últimas Notícias > Colunistas > Fatos históricos do dia 22 de novembro

Entendimento impossível

Protestos anuais diante do Piratini

O movimento se repete desde março de 1979, quando o magistério público estadual entrou em greve pela primeira vez. Foi logo após a posse do governador Amaral de Souza. Com mais virulências nas gestões de Pedro Simon, Jair Soares e Alceu Collares. Mais brandas quando o PT esteve no poder. A guerra entre o mar e o rochedo atinge 38 anos com vítimas: os alunos e os pais.

PONTO DE PARTIDA

As Operações Mãos Limpas e Lava Jato têm sido cada vez mais escolhidas como temas para trabalhos de conclusão em cursos universitários. Os alunos começam se reportando a 1992, quando um juiz da comarca de Milão desvendou um esquema de financiamento ilegal de campanhas eleitorais. A investigação expôs o envolvimento da maior petrolífera da Itália, levando à expedição de 3 mil mandados de prisão.
O escândalo derrubou o governo, implodiu os dois mais poderosos partidos e pôs gente graúda na prisão. Qualquer semelhança com o que acontece no Brasil não é mera coincidência.

DEFINIÇÃO

A Constituição Federal completará 30 anos em 2018. É prolixa e mais se parece com um extenso receituário para a cura de centenas de males que afetam a sociedade.

COISAS NOSSAS, MUITO NOSSAS

O que não se vê em países europeus: alguns chegarem a cargos públicos e se deixarem levar por facilidades que vão além do que os salários permitem: vida mansa, carros importados, viagens, roupas de grife, restaurantes caros, vinhos raros e boas companhias. Sobre a conta, sabemos quem paga.

VALE TUDO

Falta um aplicativo no telefone para avisar e prevenir a população de Porto Alegre quando há passeatas na região central. O trânsito, que já é congestionado pelo volume de veículos, vira um caos. Qualquer motivo dá origem a uma caminhada, que poderia ser pelas calçadas, em fila indiana, como acontece em outras cidades e países. Ou tomando uma pista dos veículos e não todas.
O direito constitucional de ir e vir fica impedido com a conivência dos fiscais da EPTC, que dão cobertura. Consagra-se a permissividade.

O QUE É, O QUE ERA

Os jornais de Buenos Aires refletem a crise, anunciando que greves e protestos sacodem a Argentina. Também perguntam: acabou a lua de mel com o presidente Macri? Contraste com a notícia, mostrando como era a Argentina no final da Segunda Guerra Mundial:
“Eva Perón fez uma histórica visita a Paris, cercada por enorme comitiva, quando ofereceu empréstimo de 50 milhões de dólares para a reconstrução da França.”

COMO NÃO FAZER

As prefeituras passam meses desconhecendo que, em algum momento, terão de enfrentar a revisão das tarifas de ônibus. Quando veem, o problema está transbordando. Protestos de jovens e prejuízos com as greves, incentivadas por empresários, são algumas das consequências.

RÁPIDAS

* O naufrágio da Petrobras demoliu a indústria da construção pesada.

* Os brasileiros cansaram de ver alguns se locupletarem no reino da impunidade.

* A popularidade de qualquer governo depende da Economia.

* O Rio inova: após dois acidentes no Sambódromo com 30 feridos, os carros alegóricos estarão sujeitos aos rigores do Código Nacional do Trânsito.

* Na negociação com Brasília, o governador José Sartori tem duas opções: o acordo ou a corda.

Deixe seu comentário: