Home > Capa – Caderno 1 > Polícia Rodoviária Federal flagra caminhão com 35 toneladas de excesso de peso em São Leopoldo

Fatos históricos do dia 9 de janeiro

(Foto: Banco de Dados)

Eventos 

1822 — Dom Pedro I com a frase Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto: diga ao povo que fico, se recusou a voltar para sua terra natal, Portugal. Este ato do então regente deu maior força ao processo de independência do Brasil e ficou conhecido como o Dia do Fico.

1863 — Inauguração do Metrô de Londres, primeiro trem subterrâneo do mundo, com sete quilômetros de comprimento.

1865 — Emancipação política de Itaporanga.

1872 — Guerra do Paraguai: assinado Tratado de Paz entre Brasil e Paraguai.

1878 — Humberto I torna-se rei da Itália.

1881 — Entra em vigor, no Brasil, a Lei Saraiva que estabelece o título de eleitor, eleições diretas, voto secreto e o alistamento preparado pela Justiça.

1905 — Czar ondena a seus soldados que atirassem contra a multidão, à queima roupa, oque resultou em mais de mil mortos e cerca de 5 mil feridos. O episódio ficou conhecido como Domingo Sangrento.

1912 — Forças americanas invadem Honduras, visando à preservação dos interesses dos Estados Unidos na produção de bananas.

1923 — Pela primeira vez se faz um voo num helicóptero, realizada na Espanha por Juan de La Cierva y Codorniu.

1923 — Os Aliados decidem ocupar o território alemão no Vale do Ruhr, como represália pela demora da Alemanha em pagar os reparos da guerra.

1924 — Chegada de luz elétrica em Anápolis.

1927 — Rebelião militar em Lisboa.

1929 — Incorporação da cidade de Dearborn-Estados Unidos.

1939 — A Líbia é anexada pela Itália.

1942 — II Guerra Mundial: a ofensiva russa chega à zona oriental de Smolensko.

1943 — O Brasil declara sua adesão à Organização das Nações Unidas e à Carta do Atlântico.

1945 — Tropas Aliadas desembarcam em Luzon, nas Filipinas.

1951 — A sede da Organização das Nações Unidas foi inaugurada em Nova York. A instituição surgiu no final da Segunda Guerra Mundial.

1972 — Greve de 280 mil mineiros no Reino Unido.

Nascimentos

1753 — Luísa Todi, cantora lírica portuguesa (m. 1833).

1833 — William James Herschel, fisiologista britânico (m. 1917).

1862 — Ernesto Bozzano, pesquisador espírita italiano (m. 1943).

1870 — Joseph Strauss, engenheiro norte-americano (m. 1938).

1891 — August Gailit, escritor estoniano (m. 1960).

1902 — Josemaría Escrivá de Balaguer, sacerdote católico espanhol (m. 1975).

1906 — Émile Chanoux, político italiano (m. 1944).

1908 — Simone de Beauvoir, filósofa, feminista e escritora francesa (m. 1986).

1913 — Richard Nixon, político norte-americano (m. 1994).

1917 — Otto Glória, treinador de futebol brasileiro (m. 1986).

1920 — João Cabral de Melo Neto, poeta e diplomata brasileiro (m. 1999).

Falecimentos

1873 — Napoleão III de França (n. 1808).

1878 — Vítor Emanuel II da Itália (n. 1820).

1908 — Wilhelm Busch, escritor e cartunista alemão (n. 1832).

1923 — Katherine Mansfield, escritora neozelandesa (n. 1888).

1927 — Houston Stewart Chamberlain, escritor britânico (n. 1855).

1943 — Anathon Aall, filósofo norueguês (n. 1867).

1961 — Emily Greene Balch, ativista estadunidense (n. 1867).

1986 — Michel de Certeau, jesuíta e erudito francês (n. 1925).

1994 — Benjamin Cattan, ator, escritor e diretor brasileiro (n. 1925).

1998 — Ken’ichi Fukui, químico japonês (n. 1918).

2001 — Paul Vanden Boeynants, político belga (n. 1919).

2002 — José Bonifácio Coutinho Nogueira, empresário e político brasileiro (n. 1923).

Comentários

Notícias Relacionadas: