Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Governo estuda cobrar impostos de motoristas e de outros trabalhadores que prestam serviços para aplicativos

Mães militares nos Estados Unidos protestam contra o governo fardadas e amamentando seus bebês

Imagem faz parte de uma iniciativa que visa reforçar a pressão para que se normalize a amamentação nas Forças Armadas. (Foto: Divulgação)

Uma fotografia de 10 militares amamentando em seus uniformes que faz parte de numa iniciativa que visa reforçar a pressão para que se normalize a amamentação nas Forças Armadas norte-americanas, especialmente das que estão na ativa, viralizou nas redes sociais.

A imagem, de autoria da fotógrafa Tara Ruby, de El Paso (Texas), foi compartilhada mais de 10 mil vezes e ganhou apoio de milhares de seguidores tanto no Facebook quanto no Instagram. Depois de publicar a imagem no Facebook, Tara percebeu que o post, bem como todos os compartilhamentos, haviam sido removidos. Ela decidiu repostar a foto, iniciativa que foi imediatamente apoiada por grupos que apoiam o direito da mulher a amamentar em público.

Questionado sobre por que os posts foram removidos, o Facebook afirmou, por meio de um porta-voz, que “o conteúdo não viola os padrões da rede social” e não soube explicar por que o conteúdo foi inicialmente retirado do ar.