Home > Notícias > Brasil > Restituição do Imposto de Renda começa em junho

Ospa dedica o primeiro concerto da Série Araújo Vianna 2017 ao repertório de dança

Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Foto: Mariana Sirena)

A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre recebe uma dupla de promissores artistas mirins no seu primeiro concerto do ano no Auditório Araújo Vianna. Thomas Machado, que ganhou projeção nacional depois de ser o vencedor do programa The Voice Kids 2017, se apresenta com o irmão Eduardo e a Ospa no dia 30 de abril, domingo, a partir das 18h. O repertório da exibição traz uma seleção de danças, contando com obras de compositores como Brahms, Strauss, Camargo-Guarnieri, Teixeirinha e Luiz Gonzaga, além do famoso “Bolero” de Ravel. O concerto integra a Série Araújo Vianna da Ospa, patrocinada pelo Banrisul, e terá a regência de Evandro Matté, maestro e diretor artístico da Ospa. A entrada é franca, com distribuição de senhas (mais informações abaixo). A Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre é parceira na promoção da Série.

“Selecionamos algumas das composições mais brilhantes do repertório sinfônico, inspiradas em ritmos de dança, incluindo obras que trazem elementos folclóricos”, afirma o maestro Evandro Matté. A “Dança Eslava nº 8” de Antonín Dvorák (1841-1904), a “Valsa do Imperador” de Johann Strauss II (1825- 1899), a “Dança Húngara nº 5” de Johannes Brahms (1833-1897), a “Dança Brasileira nº 1” de Camargo Guarnieri (1907-1993) e a “Dança do Sabre” de Aram Khachaturian (1903-1978) formam o mosaico sonoro de culturas no início da apresentação.

Depois, os Irmãos Machado sobem ao palco para interpretar peças conhecidas dos gaúchos: “Céu, Sol, Sul”, de Leonardo (1938-2010) e “Querência Amada”, de Teixeirinha (1927-1985). A brasilidade também está no repertório dos jovens músicos. Com a orquestra, eles tocam ainda “Asa Branca” de Luiz Gonzaga (1912-1989) e Humberto Teixeira (1915-1979).

Por fim, a prestigiada obra de Maurice Ravel (1875-1937) será interpretada. O “Bolero”, originalmente composto para balé, é caracterizado pela melodia que, a cada repetição, vai ganhando novos jogos de timbres e instrumentos.

Série Araújo Vianna 2017

Lançada em 2015, a série resulta de uma parceria entre a Fundação Ospa e as secretarias Municipal de Cultura e Estadual de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.  O seu objetivo é apresentar nomes da música popular gaúcha e nacional em parceria com a Ospa, dando assim continuidade a um histórico de apresentações da orquestra no Auditório Araújo Vianna iniciado em 1954 pelo próprio fundador da Ospa, o maestro Pablo Komlós. O Banrisul é o apresentador oficial da Série.

Sobre o maestro

Evandro Matté é diretor artístico e maestro da Ospa; diretor artístico do Festival Internacional SESC de Música, que acontece em Pelotas; e diretor artístico e maestro da Orquestra Unisinos Anchieta. Esteve à frente de orquestras do Uruguai, Argentina, China, República Checa e Alemanha. É coordenador do projeto social Vida com Arte, que atende 250 crianças, proporcionando inclusão social através da música.

Sobre os solistas

No dia-a-dia, Eduardo e Thomas Machado são crianças como todas as outras: estudam, gostam de jogar bola e andar de bicicleta. Mas, entre as atividades prediletas dos Irmãos Machado, está a de brincar de ser gaiteiro. Já se apresentaram em diversos festivais e têm dois CDs gravados.

A Ospa é uma das fundações vinculadas à Sedactel/RS (Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Governo do Rio Grande do Sul). Os concertos da temporada 2017 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, por Corsan e Banrisul. Apoio de Ipiranga, Thyssenkrupp e Enerfín/Ventos do Sul. A realização é de Ospa, Fundação Cultural Pablo Komlós e Sedactel/RS.
Serviço
Quando: 30 de abril, domingo, às 18h
Onde: Auditório Araújo Vianna (Avenida Osvaldo Aranha, s/nº – Redenção)
Entrada franca
Distribuição de senhas:
Sábado, dia 29/04, das 9h às 17h, na bilheteria do Auditório
Domingo, dia 30/04, das 9h às 18h, na bilheteria do Auditório
Cada pessoa poderá retirar duas senhas.
Programa
Antonín Dvorák: Dança Eslava nº 8
Johann Strauss II: Valsa do Imperador
Johannes Brahms: Dança Húngara nº 5
Mozart Camargo Guarnieri: Dança Brasileira nº 1
Aram Khachaturian: Dança do Sabre
Jader Moreci Teixeira (Leonardo): Céu, Sol, Sul | Solistas: Thomas Machado e Eduardo Machado
Vitor Mateus Teixeira (Teixeirinha): Querência Amada | Solistas: Thomas Machado e Eduardo Machado
Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira: Asa Branca | Solistas: Thomas Machado e Eduardo Machado
Maurice Ravel: Bolero
Regente: Evandro Matté
Solistas: Irmãos Machado (voz e acordeon)

Comentários

Notícias Relacionadas: