Últimas Notícias > Capa – Magazine > Galeria de Arte do Dmae é um dos cinco espaços expositivos da Fibra – I Bienal de Arte Têxtil Contemporânea

Penitenciária de Bento Gonçalves inicia aulas para 20 detentos

Até o final do ano, a penitenciária deve ter sete turmas de alfabetização em funcionamento. (Foto: Susepe/Divulgação)

A Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, inaugurada no último dia 3, iniciou, na quinta-feira (17), as aulas do NEEJA (Núcleo Estadual de Ensino a Jovens e Adultos). Serão duas turmas, nos turnos da manhã e tarde, que contemplarão cerca de 20 alunos.

Nesta sexta-feira (18), o diretor da Penitenciária, Edson Neves, e o diretor do Presídio de Bento Gonçalves, Volnei Zago, participaram das atividades do NEEJA. Os administradores ressaltaram aos presos a importância da educação no processo de inserção social, que começa na casa prisional. Após a explanação, as professoras Sandra Forest e Bruna Zanatta conduziram uma oficina de acolhimento aos internos e, posteriormente, uma atividade de leitura.

Embora tenha começado com apenas duas turmas, Edson Neves informa que, até o fim do ano, este número aumentará para sete, e a previsão é de que, em 2020, a penitenciária tenha nove turmas de alfabetização, que contemplarão cerca de 70 alunos, tanto no ensino fundamental quanto no médio.

Neves destacou que a inauguração das turmas do NEEJA é mais um passo para o cumprimento do planejamento de abertura da casa prisional: “Com as atividades do NEEJA em pleno funcionamento, segue sendo cumprido, com êxito, o planejamento de abertura e as normas de ação da penitenciária, que focam no trabalho e na educação prisional e na assistência religiosa aos internos”.