Últimas Notícias > Capa – Magazine > Eduardo Bolsonaro passa final de semana em Bento Gonçalves, na Serra gaúcha

Planos de saúde perderam 3 milhões de usuários em três anos, diz presidente da Abramge-RS

O presidente da Abramge-RS, Francisco Antônio Santa Helena, demonstrou preocupação com o cenário. (Foto: Reprodução)

O cenário dos planos de saúde não é favorável. Conforme o presidente da Associação dos Planos de Saúde do Estado do RS (Abramge-RS) Francisco Santa Helena, os índices de desemprego e o cenário econômico ruim do Brasil estariam impulsionando esse mercado para baixo.

Santa Helena destacou números preocupantes ao O Sul: três milhões de clientes foi a perda das operadoras no últimos três anos. Em função disso, o ciclo negativo alimentou demissões e o fechamento de empresas. “Estou bastante preocupado pelas pequenas operadoras”, salientou o representante da categoria. Segundo ele, quanto menor a empresa, maior o impacto econômico.

Essa migração de pessoas para o atendimento público pode causar problemas para o setor, destaca o presidente da Abramge-RS, apesar de salientar que vê como bom o atendimento do Sistema Único de Saúde no estado. “1.380 bilhão de procedimento migraram do setor privado. Imagina isso tudo sendo encaminhado para o SUS?”, analisa Santa Helena.

Uma das soluções para esse cenário, de acordo com ele, passa pelo fim do “ativismo judicial”. Santa Helena explica que muitos juízes não enxergam o ponto de vista das operadoras de planos de saúde e acabam afetando o setor. Porém, conforme o presidente da Abramge-RS, a Associação está promovendo conversas e debates, buscando resolver esse tema e visando um futuro melhor para a categoria.

Deixe seu comentário: