Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O embate entre setores do Ministério Público e do Supremo alcançou um novo patamar após a revelação de que o presidente da Corte solicitou dados de relatórios feitos pelo Coaf e pela Receita Federal

Polícias Federal e Civil realizam operação para desarticular quadrilha de tráfico internacional de drogas comandada por detento no Rio Grande do Sul

Mandados foram cumpridos no município de Camaquã. (Foto: PF/Divulgação)

A PF (Polícia Federal) e a Polícia Civil deflagraram, na manhã desta terça-feria (05), a Operação Conesul III para desarticular uma organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de drogas e à lavagem de dinheiro no Rio Grande do Sul.

Cerca de 50 policiais federais e civis cumpriram seis mandados de busca e apreensão no município de Camaquã. Também foram autorizados pela Justiça Federal o sequestro de imóveis, bloqueio de contas bancárias e apreensão de veículos.

As investigações, iniciadas em 2018, identificaram que o grupo criminoso adquiria cocaína na fronteira do Brasil com o Paraguai para distribuição em Camaquã, Uruguaiana, Alegrete, Rosário do Sul, São Gabriel, entre outros municípios gaúchos.

O líder da quadrilha está preso na Penitenciária Modulada de Uruguaiana, de acordo com a PF.