Últimas Notícias > Notícias > Mundo > Os Estados Unidos estudam se é seguro espremer mais passageiros no avião

Com arbitragem contestada, Grêmio perde para o Vitória por 2 a 1 na Arena

Ramiro (E) em lance da primeira etapa diante dos baianos na Arena. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio perdeu a primeira partida dentro de casa no atual Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira (23), o time de Roger Machado foi derrotado pelo Vitória por 2 a 1, pela 10ª rodada. Com o resultado, a equipe gremista permanece com 18 pontos na tabela. O Palmeiras lidera com 22. O árbitro Sandro Meira Ricci foi muito contestado pela torcida e jogadores do Grêmio, especialmente pela expulsão de Bressan no lance do pênalti.

No primeiro tempo, a impressão era que os gremistas venceriam em uma questão de tempo, após lances de perigo de Luan, a 1 minuto, e Everton, este em duas oportunidades, aos 7 e 16 minutos. Mas os baianos souberam resistir e Kieza inaugurou o placar em cabeceio certeiro, aos 26min, depois de cruzamento perfeito de Diego Renan da direita. Bressan não conseguiu acompanhar Kieza no salto. Os jogadores e os torcedores reclamaram pedindo falta de Kieza na jogada.

O que já era ruim ficou pior quatro minutos mais tarde, quando Bressan derrubou Dagoberto na área. O zagueiro foi expulso, e Diego Renan cobrou para ampliar para 2 a 0. Houve muita reclamação pela expulsão de Bressan. Roger colocou Marcelo Hermes para reforçar o sistema defensivo e sacou Everton.

Aos 41min, Dagoberto deu belo passe e Kieza chutou. Grohe evitou o terceiro gol. O jogo foi para o intervalo.

Jaílson entrou no intervalo no lugar de Ramiro, que estava com cartão amarelo. O panorama mudou no segundo tempo. Os gremistas partiram para cima. Aos 11min, o Grêmio descontou com gol contra depois de cruzamento de Edílson. O goleiro Fernando Miguel espalmou e a bola bateu em Victor Ramos e voltou para as redes, 2 a 1.

Três minutos depois, Luan bateu falta para a área. Marcelo Oliveira acertou a bola no travessão em cabeceio. Aos 26min, Edílson chutou cruzado e o goleiro salvou o Vitória na Arena.

Incrível foi o que aconteceu aos 45min. Luan entrou livre e sem marcação, mas chutou a bola para fora.

O Tricolor volta a campo no domingo (26), contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. O jogo será às 16h.

Grêmio (1): Marcelo Grohe; Edílson, Bressan, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro (Jaílson), Giuliano, Douglas (Negueba) e Everton (Marcelo Hermes); Luan. Técnico: Roger Machado.

Vitória (2): Fernando Miguel; Victor Ramos, Ramon e Kanu; Diego Renan, Amaral (Leandro Domingues), Willian Farias, Tiago Real e Euller (José Welison); Dagoberto (Marcelo) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

Local: Arena do Grêmio. Arbitragem: Sandro Meira Ricci (Fifa), com Carlos Berkenbrock e Neuza Inês Back (Fifa – trio de Santa Catarina). Gols: Kieza (26min/1°T) e Diego Renan (32min/1°T); Victor Ramos (11min/2°T – contra).  Cartões amarelos: Bressan, Marcelo Oliveira, Walace e Ramiro (GRE); Dagoberto, Euller, Tiago Real e Victor Ramos (VIT). Cartão vermelho: Bressan (GRE). Público: 14.382. Renda: R$ 352.108,00.