Últimas Notícias > Capa – Magazine > Eduardo Bolsonaro passa final de semana em Bento Gonçalves, na Serra gaúcha

Reforma da Previdência continua sendo prioridade, diz Rodrigo Maia

Reforma deve ser aprovada até o dia 26 de junho. (Foto: Divulgação/ Agência Brasil)

Durante esta sexta-feira (22), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que não irá articular a reforma da Previdência, mas a votação da proposta segue sendo prioridade. Na segunda (18), Maia já havia afirmado que é viável aprovar a reforma da Previdência na Casa ainda no primeiro semestre, isso caso os defensores do projeto convençam os 320 deputados sobre a importância das mudanças nas regras previdenciárias.

“Não temos 320 deputados que foram eleitos com a agenda da reforma da Previdência. Temos que mostrar aos 320 a importância da reforma. Nós, que defendemos a urgência e a decisiva reforma da Previdência, precisamos mostrar a 250, 280 deputados que não foram eleitos com essa agenda, que, para que o Brasil volte a investir, a gente precisa da reforma da Previdência”, disse Maia.

O deputado nega que tenha havido perda de apoio da reforma na Câmara, mas não quis revelar com quantos votos favoráveis a medida pode contar. Ele ainda se mostrou confiante na aprovação da reforma e disse que, mesmo que não haja apoio de parlamentares agora, esse quadro mudará quando começar um diálogo com as bancadas dos partidos.

Deixe seu comentário: