Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Cloudy

Bem-Estar 25 anos em destaque: Casa Cor é inaugurada na Capital

Compartilhe esta notícia:

Foto: Vini Dalla Rosa/ divulgação Casa Cor

Em um ano festivo para a Casa Cor, que completa 30 anos no Brasil e 25 em Porto Alegre, o Petrópole Tênis Clube, uma das sedes mais representativas da sociedade gaúcha, é o espaço escolhido para receber a edição local da maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. Os corredores do clube ficaram lotados ontem à noite, quando recebeu centenas de convidados para a festa a sua festa de inauguração. Música, drinques e muita sofisticação marcaram o que será o início de mais um evento que movimentará a capital gaúcha. A partir desta terça-feira (28), até o dia 21 de agosto, a Casa Cor abre suas portas com ambientes que apresentam novidades e soluções exclusivas para inspirar e emocionar os visitantes.

Foto: Vini Dalla Rosa / divulgação Casa Cor

Vera (E) e Karina Capaverde (D) integram a diretoria do evento. Foto: Vini Dalla Rosa / divulgação Casa Cor

Neste ano, a diretoria da mostra, Valdecir Santos, Vera e Karina Capaverde contam com os arquitetos Dany Bitencourt e Wagner Costa, sócios da DW5 Arquitetura e Design, na curadoria do evento. Tendo como tema a celebração do morar brasileiro, a CASA COR Rio Grande do Sul traz 44 ambientes criados por 67 profissionais selecionados pelos curadores regionais. Os projetos, divididos em 3.600 metros quadrados, contemplam áreas de convívio nos mais diversos estilos e buscam valorizar cada espaço transformando a casa em um verdadeiro local para celebrar a vida.

Segundo o diretor do evento, Valdecir Santos, a revitalização do clube é um dos destaques do projeto. “Com a Casa Cor, o Petrópole Tênis Clube entra em um novo momento. Para adaptarmos os ambientes, executamos uma grande reforma que revigora esse importante espaço da Capital. Foram trocadas parte do telhado, instalações elétricas e hidráulicas, pintura e pisos, incluindo a reforma completa da entrada da sede”, destaca.

Restaurar um prédio de 1940 adaptando as melhorias necessárias para compor a mostra e manter a autenticidade da construção estilo neocolonial foi o principal desafio da curadoria. O arquiteto Wagner Costa explica que para a fachada, por exemplo, o trabalho partiu de um conceito que respeitasse a estrutura existente. “Buscamos dar unidade e salientar a edificação evidenciando os elementos arquitetônicos e também destacando as esquadrias e estruturas da área externa. Todo o projeto considerou os aspectos mais singulares da construção, mas modernizando e adaptando para que os profissionais pudessem realizar os seus projetos em integração com o clube”, ressalta.

Os espaços – 25 anos em destaque

Ao criar os ambientes, arquitetos, decoradores e paisagistas buscaram inspiração nas mais diversas culturas e estilos para apresentar as suas ideias e as grandes novidades do mercado. Livings, suítes, cozinhas e lounges dividem a rota de visita com projetos como uma sala de banho, um loft completo, um camarim e até uma galeria de arte. Além disso, áreas externas com paisagismo e espaços comerciais como um pub, um café, um restaurante conceito e uma barbearia devem chamar atenção dos visitantes.

E como no Rio Grande do Sul o aniversário é o grande destaque da edição, um ambiente comemorativo foi planejado para celebrar a data. Assinado por Wagner Brasil e José Wilson Coronel, da WJW Arquitetura, o Salão 25 anos é um espaço de 140 metros quadrados e tem como conceito a transição do art déco ao contemporâneo. O projeto marca um momento especial para a dupla que participou da primeira edição da Casa Cor no Estado e é recordista entre os profissionais contabilizando 24 participações no evento.

Os 25 anos da mostra também será tema de um livro exclusivo com ênfase nos profissionais que fizeram parte da história da CASA COR RS. O projeto deve ser lançado no próximo semestre, com registros da edição 2016.

Para inspirar e desfrutar

Pelo terceiro ano consecutivo, o Hotel Laghetto Viverone Moinhos (Rua Dr. Vale 579 – Moinhos de Vento), abriga os únicos ambientes da mostra fora da sede do evento e que podem ser visitados e até utilizados por hóspedes. Além das duas suítes montadas na edição anterior e do lobby permanente, o hotel também abriga três novas suítes e um lounge realizados pelos profissionais expositores. A visitação é aberta ao público.

Roteiro gastronômico – Renomados chefs no projeto Chef’s Table

Os visitantes da CASA COR poderão contar com um roteiro cultural completo para toda a família com entretenimento, arte e também alta gastronomia. Localizado em um ambiente exclusivo dentro da mostra, o projeto Chef’s Table , com curadoria e produção da plataforma Embaixada Gourmet, promete movimentar a cena gastronômica. O espaço, assinado pelos designers Cristina da Luz, Daniel Schön e Juarez Cruz, conta com concepção e ambientação inovadora, apresentando uma mesa única de apenas 36 lugares, onde todos os clientes podem desfrutar em totalidade do projeto arquitetônico, do trabalho dos chefs convidados e das experiências sensoriais pensadas especialmente para surpreender a cada encontro.

Marcelo Schambeck, considerado um dos nomes mais promissores do Rio Grande do Sul, é o chef residente do projeto e irá receber durante a mostra nomes como Shin Koike (Sakagura A1 – SP), Fred Trindade (Trindade – MG), Kazuo Harada (Mee – RJ), Pedro Siqueira com Alex Mesquita (Puro e Paris – RJ), Emerson Kim com Leonardo Magni (Black Sheep – SC e Mandarinier – RS), Floriano Spiess com Nati Tussi (Cozinha de Autor e Rambla – RS), Lucas Cinti (SC), Tadashi Shiraishi (UN – SP), João Ferraz (Casa do Carbonara – SP), Gabriel Zambon (Seasons), Mauri Olmi, Gabriel Coelho e Rafa Terrassi (The Taste Brasil), Carol Albuquerque e Willem Vandeven (Clos de Tapas – SP) e Thiago Maeda (Bagatelle – SP).

Todos esses nomes irão trabalhar na Cozinha Vitrine , um ambiente profissional projetado pelos arquitetos Alexandre Grivicich e Isabel Macedo especialmente para os chefs. O projeto é a primeira cozinha vitrine montada para o evento e o visitante poderá acompanhar todo o processo gastronômico dos jantares oferecidos.

Além do restaurante, a Casa Cor 2016 possui um café, ambiente assinado pelos arquitetos Carla Oliveira e Ricardo Cavichioni com operação Mule Bule e um pub, projetado pelas arquitetas Juliana Moura e Marli Lima, com operação do 72 In Group com o chef Mauri Olmi. No cardápio do café, a proposta é resgatar a cozinha caseira com quitutes de vovó, como pretzel caseiro, bolos, torrada feita na chapa entre outras delícias. Já no pub, uma variedade de bebidas poderão harmonizar com um menu de sanduíches inédito em Porto Alegre. Mauri Olmi destaca na proposta o sanduíche de brisket, buns com barriga de porco e molho oriental e bagel com salmão curado. “Tudo fresco e feito na casa, preparado na cozinha da Casa Cor”, ressalta o chef. Já nos finais de semana, o brunch será uma boa opção para os visitantes, com um menu fixo trazendo pães caseiros, sanduíches, ovos beneditinos, saladas, waffle americano com iogurte e mel e também espumante.

tags: CasaCor

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Para evitar brigas entre pessoas que começam a se amar, agora é moda assinar um contrato de namoro
Noiva amamenta a sua filha no meio da cerimônia de casamento e a foto rouba a cena na internet
Deixe seu comentário
Pode te interessar