Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Cloudy

Rio Grande do Sul A Brigada Militar fecha 19 bares no litoral norte

Compartilhe esta notícia:

Em Capão da Canoa foi constatado o maior número de locais abertos com venda de alimentação e bebidas. (Foto: Brigada Militar)

Na noite madrugada de sábado (27) no Litoral Norte, a Brigada Militar fiscalizou o cumprimento do decreto que suspende as atividades entre 20h e 5h e também as restrições impostas pela entrada em vigor dos protocolos da bandeira preta. Dezenove bares estavam abertos além do horário permitidos.

Os Policiais militares do 2º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (2º BPAT) e do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM) realizaram fiscalizações em Capão da Canoa, Xangri-lá, Tramandaí, Imbé, Arroio do Sal, Torres, Osório, Santo Antônio da Patrulha eTavares. As ações contaram com o trabalho da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guardas Municipais e agentes municipais de fiscalização e de vigilância sanitária.

Nesses municípios, foram fiscalizados 119 estabelecimentos comerciais e desses 19 estavam abertos além do horário permitido, com 121 clientes consumindo nesses locais. Em Capão da Canoa foi constatado o maior número de locais abertos com venda de alimentação e bebidas: 12 estabelecimentos com 80 pessoas consumindo.

Com a orientação dos agentes de segurança, os pontos comerciais foram fechados e apenas em Santo Antônio da Patrulha, em dois bares com 17 pessoas, a Brigada Militar aplicou termos circunstanciados para os proprietários e os clientes.

Em Osório e na praia de Atlântida Sul, entre 17 horas da sexta (26) e 5 da manhã do sábado(27), o 8º BPM realizou a Operação Prevenção e Tranquilidade, com barreiras de fiscalização e orientações para o cumprimento dos protocolos da pandemia. Foram abordados 42 veículos e 80 pessoas, sem irregularidades quanto ao decreto de suspensão das atividades não essenciais, sendo apenas lavrados seis autos de infração de trânsito, com recolhimento de dois veículos.

As limitações determinadas pela vigência da bandeira preta permanecem até às 23h59min do dia 7 de março. O decreto que estabelece a suspensão geral de atividades em todas as regiões das 20h às 5h vigora, pelo menos, até às 5h do dia 2 de março. O governo estuda a prorrogação dessa medida. A Brigada Militar segue com intensa fiscalização para cumprimento das restrições durante a pandemia.

Outros dias

O maior número de pontos comerciais de refeições e bebidas flagrado aberto fora do período permitido foi na terça-feira (23), primeira noite da antecipação do horário de fechamento das 22h para às 20h. Naquela noite, foram 235 locais fiscalizados e 63 estavam abertos com 266 clientes consumindo. Nas noites seguintes, houve redução do número de estabelecimentos abertos fora do horário permitido.

Após a orientação dos agentes de segurança, os estabelecimentos encerravam as atividades e não foram registrados boletins de ocorrência ou termos circunstanciados. Nas noites de quarta e quinta-feira, a Brigada Militar também solicitou a dispersão de 150 pessoas que se aglomeravam em duas praças públicas em Capão da Canoa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul registra 10 mortes por afogamento nas praias do litoral neste verão. O governo do Estado estende a Operação RS Verão Total até 15 de março
Colisão entre carreta e carro provoca morte de motorista em Santo Ângelo
Deixe seu comentário
Pode te interessar