Sábado, 25 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre A Guarda Municipal encerra festa clandestina com mais de 100 pessoas na Zona Sul de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

O dono do local foi autuado e o estabelecimento comercial interditado

Foto: Guarda Municipal/Divulgação
Casa de eventos no bairro Ipanema foi interditada pela Guarda Municipal. (Foto: Divulgação/PMPA)

Em plena pandemia de coronavírus, a Guarda Municipal de Porto Alegre registrou mais um flagrante de desrespeito ao bom senso e às regras de combate ao coronavírus. Desta vez, mais de 100 pessoas participavam de festa clandestina em uma casa de eventos na rua Coronel Marcos, bairro Ipanema (Zona Sul).

O proprietário foi autuado pela fiscalização da prefeitura e teve o estabelecimento interditado. Nome do local e outros indicativos mais precisos de localização não foram informados.

“Continuamos cumprindo nosso dever, seguindo as determinações legais para manter a segurança sanitária da população”, ressalta o comandante da corporação, Marcelo Nascimento. Ele acrescenta que denúncias desse e de outros tipos de descumprimento de decretos podem ser feitas por meio dos telefones 153 e 156.

Setor de eventos

O vice-prefeito de Porto Alegre, Ricardo Gomes, recebeu nesta quinta-feira (29) um grupo de manifestantes do ramo de eventos que protestava no Paço Municipal (Centro Histórico) pela retomada de atividades do setor. Eles entregaram um estudo segundo o qual a atividade que exercem pode se enquadrar nos mesmos requisitos para restaurantes, por exemplo.

Conforme a representante do movimento “Unidos pelos Eventos RS”, Aline Araújo, eles foram até a área em frente à sede da prefeitura não apenas para fazer essa reivindicação, mas também agradecer ao prefeito Sebastião Melo e ao seu vice pelo apoio e pelo que chamam de “reabertura da cidade em janeiro”.

“Somos gratos ao empenho desta gestão”, frisou. “No início do ano, aquela reabertura salvou a todos nós, pois estávamos há mais de ano sem poder trabalhar e precisávamos respirar.”

Gomes fez a ressalva de que Porto Alegre respeitará o decreto estadual que restringe as atividades no momento, mas defendeu a necessidade de se encontrar um caminho para viabilizar o retorno das atividades do setor, um dos mais afetados economicamente pela pandemia desde março do ano passado.

Nova sede

A Guarda Municipal, aliás, terá sede própria no Parque Marinha do Brasil (bairro Praia de Belas). Nesta quinta-feira, o secretário municipal da Segurança Pública, Mário Ikeda, visitou o local junto com o comando da corporação.  Segundo ele, a transferência para o novo endereço será realizada após o término da reforma, em 2022 – ano em que a instituição completará 130 anos.

“Além de qualificar um ambiente propício às atividades de gestão administrativa e operacionais, estaremos aproximando a instituição à comunidade porto-alegrense”, frisou Ikeda. “Em especial, ampliando a segurança dos frequentadores de um dos mais tradicionais parques da cidade, dos novos espaços públicos colocados ao dispor da comunidade na orla do Guaíba, bem como de toda a região comercial vizinha.”

A mudança está vinculada ao projeto de valorização, modernização e fortalecimento da Guarda Municipal. “Mais que uma sede, é um marco do um novo modelo de perfil que pretendemos implementar. A instituição está aperfeiçoando a sua identidade, e uma sede própria será o símbolo dessa nova fase”, ressaltou o comandante Nascimento.

(Marcello Campos)

tags: POA

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Vacinação para pessoas com comorbidades começa nesta sexta em Porto Alegre
Porto Alegre começa a testagem de coronavírus em professores e funcionários de escolas municipais
Deixe seu comentário
Pode te interessar