Terça-feira, 04 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

Bem-Estar A modalidade de exercícios HIIT combate os efeitos das noites mal dormidas no organismo

Compartilhe esta notícia:

O treinamento atenua o impacto negativo do sono insuficiente no metabolismo da glicose. (Foto: Reprodução)

A cada dia que passa, mais e mais pesquisas focadas no exercício são realizadas no mundo todo, e a cada pesquisa publicada descobrimos mais e mais benefícios da prática de atividades físicas. Um novo estudo realizado por um grupo de pesquisadores da Austrália, Estados Unidos e Canadá avaliou os efeitos benéficos da modalidade de exercício HIIT, treinamento intervalado de alta intensidade que costuma durar 20 minutos, no combate aos efeitos deletérios da insuficiência de sono. O sono insuficiente afeta diversos mecanismos envolvidos no metabolismo da glicose, sendo fator de risco para o desenvolvimento da diabetes tipo 2. E, diferentemente do que muitos pensam, esses efeitos já são percebidos a partir de uma única noite mal dormida (4 horas).

Há muito tempo já se sabe que a prática de exercícios aeróbicos convencionais auxilia a atenuar a desregulação do controle glicêmico provocada pela falta de sono, porém ainda não havia pesquisas que comprovassem se o HIIT proporcionaria o mesmo resultado. Para responder a essa e outras perguntas, os pesquisadores avaliaram diversos aspectos do metabolismo em três situações: cinco noites de sono adequado de 8 horas; cinco noites de sono restrito de 4 horas; cinco noites de sono restrito de 4 horas junto com a realização de três sessões de HIIT.

Os autores do estudo relatam que apesar de as cinco noites de sono restrito (4 horas) terem impactado negativamente o metabolismo da glicose e diversos outros aspectos do metabolismo, como por exemplo a síntese proteica e o ritmo circadiano, a realização das sessões de HIIT foram perfeitamente capazes de atenuar esses efeitos.

Essa é uma excelente notícia para aqueles que não têm muito tempo para praticar exercícios ou que, por causa da pandemia, não podem sair de casa para fazer exercícios aeróbicos convencionais.

Conheça o HIIT

HIIT é uma sigla inglesa para “High Intensity Interval Training”, ou seja, treino intervalado de alta intensidade. Isso significa que o treino HIIT é todo treinamento em que a pessoa atinge picos de alta intensidade intercalados com períodos de descanso que podem ser ativos (ou seja, a pessoa continua se movendo, mas em uma intensidade menor) ou passivos, em que a pessoa para completamente. O mais comum é que as pausas sejam ativas.

Para que serve o treino HIIT

O objetivo desse tipo de treino é a queima maior de calorias, tanto durante o treino como nas 24 horas pós-treino.

Os treinos HIIT, devido à alta intensidade de performance, têm a característica de durarem pouco tempo, variando entre 10, 15, 20 ou 30 minutos no máximo. Por isso mesmo, essa modalidade de treinamento tem sido muito popular nos dias de hoje, especialmente para quem diz não ter tempo para treinos longos no dia a dia.

Benefícios do HIIT

O treino HIIT é associado atualmente a uma série de benefícios. Porém, é importante lembrar que, por ser uma modalidade recente, ainda não há estudos o suficiente para comprovar seus benefícios. Por isso seus benefícios ainda estão sendo analisados. Entre eles estão: queima mais calorias; acelera o metabolismo por mais tempo; aumenta a capacidade cardiovascular; reduz o apetite; favorece a manutenção de massa muscular; e melhora a sensibilidade à insulina.

Outras vantagens

Além disso, por tratar principalmente com exercícios funcionais, o HIIT melhora muito a coordenação, equilíbrio e agilidade.

Como fazer o treino HIIT

Como a definição do treino HIIT exige que o treino intercale exercícios de alta intensidade com períodos de descanso, a prática pode ser feita com as mais variadas modalidades esportivas. Como por exemplo: Pular corda; Corrida (na rua ou esteira); Bicicleta (ergométrica ou comum); Natação; Subir escadas; Agachamentos; Flexões; Burpees; Polichinelos; musculação.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Saiba quantas xícaras de café podemos beber por dia
Aprenda 5 tratamentos de spa de hotéis cinco estrelas para fazer em casa
Deixe seu comentário
Pode te interessar