Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Cloudy

Rio Grande do Sul A polícia gaúcha apertou o cerco a uma quadrilha especializada em roubos de carros e assaltos a motoristas de aplicativo

Compartilhe esta notícia:

Criminosos atacavam em duplas, utilizando perfil falso nas plataforma de transporte particular. (Foto: EBC)

A Polícia Civil gaúcha deflagrou nesta segunda-feira (6) uma operação contra um grupo criminoso responsável por diversos roubos de veículos e assaltos a motoristas de aplicativos em Porto Alegre e outras cidades da Região Metropolitana. Ao menos três pessoas foram presas, incluindo o principal alvo da ofensiva, um apenado que cumpre sentença domiciliar com o uso de tornozeleira eletrônica.

Ele é suspeito de ter participado, em 2016, de um ataque que resultou na morte de duas vítimas, uma delas policial militar, em estabelecimento comercial. Em sua ficha criminal constam antecedentes por tentativa de homicídio, extorsão, tráfico de drogas e receptação.

Modus operandi

Segundo as investigações, o indivíduo vinha utilizando um perfil falso cadastrado em aplicativo de transporte de passageiros para fazer chamadas. Quando o motorista chegava ao local informado, era rendido sob ameaça de arma-de-fogo e tinha o carro, celular, dinheiro e outros pertencer roubados.

A quadrilha agia em dupla na maioria das vezes e se aproveitava de algum momento de distração da vítima para cometer o crime. Após o roubo, os automóveis subtraídos tinham adulterados/clonados sinais identificadores como placas, numeração de vidros, chassi e motor.

“Muitas vezes, os veículos eram utilizados para a prática de novos roubos de veículos ou eram repassados a outras quadrilhas especializadas na prática de delitos patrimoniais diversos, como roubos a estabelecimentos comerciais, de cargas”, detalhou a Polícia Civil.

Mais informações podem ser obtidas junto à DRV (Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Roubo de Veículos), vinculada ao Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e sob coordenação de Marco Guns e Rafael Liedtke.

(Marcello Campos)

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Bolsonaro diz que fez novo exame após sintomas de coronavírus
Ministério Público Federal pede afastamento de Ricardo Salles do Ministério do Meio Ambiente por improbidade administrativa
Deixe seu comentário
Pode te interessar