Quinta-feira, 09 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

Capa – Caderno 1 A polícia desarticulou uma quadrilha que roubava carros no Rio Grande do Sul

Quatro criminosos foram presos pela Polícia Civil em Cachoeirinha. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Agentes da Delegacia de Repressão ao Roubo de Veículos do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) desarticularam, na noite de quarta-feira (21), uma quadrilha de ladrões de veículos que atuava no Rio Grande do Sul. Quatro criminosos foram presos em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Eles foram flagrados com uma caminhonete Amarok roubada e com placas clonadas. Os policiais civis também apreenderam três pistolas calibres .40 com as numerações raspadas, munições, miguelitos, toucas ninja, coletes balísticos e rádios HT.

Segundo os delegados Adriano Nonnenmacher e Joel Wagner, as diligências se estenderam por cerca de 12 horas nas regiões do Vale do Taquari, Zona Carbonífera e Vale do Sinos, terminando em Cachoeirinha, onde foram localizados e presos os ladrões.

Os presos são de alta periculosidade, com antecedentes por roubos, homicídios, tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte de armas, receptação, adulteração de sinal identificador de veículos, entre outros crimes.

Conforme o delegado Sander Cajal, diretor da Divisão de Investigações do Deic, a organização criminosa é suspeita de vários roubos de veículos principalmente na Capital e na Região Metropolitana. “A investigação recebeu informações de que hoje iriam realizar um grande roubo no interior do Estado, o que demandou grande trabalho da especializada para a localização dos alvos”, disse Cajal.

Ainda segundo os delegados, a Delegacia de Repressão ao Roubo de Veículos realiza ações pontuais diárias contra alvos qualificados, bem como grandes investigações, como planejamento de combate a roubos, receptação e adulteração de sinais identificadores de veículos no Estado. Com essa ação, a delegacia especializada chegou a 165 presos neste ano – 565 desde 2016.

Armas

Na manhã de quarta-feira, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Ibiaçá, cumpriu mandados de busca e apreensão que resultaram no recolhimento de sete armas e munições no município da Região Nordeste do Estado.

As diligências resultaram na apreensão de uma espingarda pump, marca Boito, calibre 12; um rifle, marca CBC com luneta, calibre 22; uma pistola, marca Taurus, calibre 380; uma espingarda de pressão sem marca aparente, com luneta e transformada para calibre 22; um revólver, marca Taurus, calibre 32; um rifle, marca CBC, calibre 22; uma espingarda de pressão; uma armadilha artesanal para caça e cartuchos de munição de diversos calibres.

A ação policial foi motivada por ocorrências de disparos de arma de fogo na localidade de Vila Vitória, no interior de Ibiaçá, no mês de outubro. No momento das buscas, não havia ninguém na residência onde foram achadas as armas. A ação contou com o apoio das delegacias de Lagoa Vermelha, Barracão, São José do Ouro, Cacique Doble, Sananduva, Tapejara e Marau.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

A conta de luz dos clientes da CEEE está 8% mais cara
Em megaoperação de combate à pedofilia, policiais cumpriram mandados em 18 Estados e no Distrito Federal
Deixe seu comentário
Pode te interessar