Domingo, 12 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Cloudy

Mundo A Venezuela rejeitou a doação de remédios de jogador de futebol brasileiro

Compartilhe esta notícia:

O atleta foi contatado por uma organização não governamental e se mostrou disposto a ajudar, mas esbarrou na negativa do governo de Nicolás Maduro. (Foto: Reprodução)

O governo da Venezuela rejeitou uma oferta do jogador brasileiro Daniel Alves, atualmente na Juventus da Itália, de remédios para a Hepatite C, informou o jornal Venezuelano El Nacional. Segundo a publicação, o atleta, que é embaixador mundial contra a doença, foi contatado por uma organização não governamental e se mostrou disposto a ajudar, mas esbarrou na negativa do governo de Nicolás Maduro.

Conforme a diretora da Associação Civil Hepatite C Venezuela, Maria Gonçalvez, o contato foi feito com o jogador por meio das redes sociais. “Pedimos que o Ministério da Saúde aceitasse as doações, mas ninguém se voluntariou”, disse.

O governo venezuelano impede que as doações de remédios sejam feitas para entidades civis. Toda colaboração deve ser realizada diretamente a autarquias estatais. A oposição frequentemente acusa o governo de rejeitar ajuda humanitária como maneira de tentar disfarçar a grave escassez de alimentos e remédios no país.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Tribunal de Contas da União vê 2,1 bilhões de reais em superfaturamento de refinaria e manda bloquear bens da Odebrecht e OAS
Mulheres eram mais de 50% dos desempregados no segundo trimestre deste ano
Deixe seu comentário
Pode te interessar